Ação conjunta resulta na prisão de foragido acusado em latrocínio de motorista de aplicativo em Brasiléia

Foragido estava se escondendo na cidade de Cobija, lado boliviano.

Se encontra detido em uma das celas da delegacia do município de Epitaciolândia desta a tarde deste domingo, dia 25, o comando do 5º Batalhão da Polícia Militar do Alto Acre, foi comunicado da prisão de um brasileiro em atitude suspeita na cidade de Cobija, capital de do estado vizinho de Pando (Bolívia).

Klisman é o terceiro acusado a ser preso desde o acontecimento em março passado

Através do nome passado à Polícia Militar em Brasiléia, o Tenente Januário se informou que Jorge Klisman de Lima Oliveira, tinha em seu desfavor, um mandado de prisão em aberto expedido pelo Judiciário do Acre.

Jorge Klisman é um dos principais acusados no latrocínio (roubo seguido de morte), que aconteceu em meados do mês de março passado, onde assassinaram o jovem Airton Fernandes Ferreira com cerca de 10 tiros, deixando o corpo em um ramal localizado no km 10 da BR 317, Estrada do Pacífico.

Cinco pessoas foram identificadas no envolvimento, sendo três mulheres e dois homens. Dessa feita, o caso que já foi desvendado através de investigações envolvendo agentes da Polícia Civil com cooperação da PM e Policia Nacional Boliviana, apenas dois se encontram foragidos da Justiça.

Jorge foi entregue às autoridades brasileiras e poderá ser transferido para o presídio estadual Francisco de Oliveira Conde na Capital nas próximas horas, ficando à disposição da Justiça até julgamento.

%d blogueiros gostam disto: