Acreano comete suicídio em prisão na Bolívia e família pede ajuda para pagar translado do corpo

 

 

Wanglézio Braga/ Foto: Arquivo Alexandre Lima

Josenilton da Silva, de 32 anos, natural de Xapuri (AC), foi encontrado na madrugada de hoje (21) sem vida em uma das celas da Penitenciária da Vila Bush, em Pando, na Bolívia. As autoridades penais comunicaram à família, via mensagem telefônica, sobre a morte do preso que teria cometido suicídio. A irmã do falecido pede ajuda para pagar o translado do corpo que está no Hospital Público e enviar para Xapuri.

Segundo informações da família, Josenilton estava preso há quatro anos. Ele foi acusado e julgado, em 2018, pela Justiça da Bolívia por cometer assassinato. “Meu irmão trabalhava lá na Penitenciária, era tranquilo, não tinha motivos para fazer isso (cometer suicídio). Todo dia a gente conversava! (…) Só a namorada dele e eu que vínhamos visitar ele aqui na cadeia, agora não temos condições para levar o corpo”, relatou a irmã de Josenilton que não teve nome revelado.

Ainda de acordo com ela, as autoridades bolivianas não deram muitas explicações sobre o ocorrido. “Ele só disseram que ele tinha morrido. Uma mulher mandou uma mensagem via celular! Meu irmão nunca tentou fugir, sempre estava trabalhando lá dentro, e não sei por que essa morte assim, trágica”, acrescentou.

A polícia e o Ministério Público da Bolívia vão investigar o caso. Enquanto isso, a família pede ajuda para custear as despesas com o funeral. “Agora o corpo dele tá aqui e eu não tenho como levar pra Xapuri. Eu vim com urgência, sem dinheiro algum. Já até terminaram a autópsia e disseram que eu precisava levar o corpo (…) Eu procurei a administração do Hospital que foi feito os procedimentos de autópsia, eles disseram que não poderiam fazer nada”, concluiu.

%d blogueiros gostam disto: