Após mãe falecer durante o parto, bebê e deixado para morrer em necrotério de hospital em Cobija

O Ministério Público da cidade de Cobija, capital do estado de Pando/Bolívia, está investigando um possível caso de abandono de incapaz após o parto e deixado para morrer, depois que a mãe não resistiu e foi a óbito.

Segundo foi informado pela imprensa boliviana, o promotor de justiça Juan Carlos Cuéllar, está investigando o caso e que o bebê teria resistido por horas após sua mãe ter falecido durante o parto, sendo levado com vida para o necrotério do hospital ainda com vida.

Promotor de justiça Juan Carlos Cuéllar está a frnete do caso.
O caso está sendo tratado como homicídio culposo por parte das autoridades. O parto e a morte da mãe teriam ocorrido por volta das 23 horas desta quarta-feira (26). A criança teria resistido ao parto e faleceu por volta das 6hs desta quinta-feira, dia 27, após ter sido deixado no necrotério sem qualquer atendimento.

O caso está sendo tratado como negligência médica que levou a morte da mãe e do bebê, segundo os familiares, e vem causando uma onde de protestos pela cidade, após um vídeo publicado nas redes sociais.

O Ministério Público de Pando está aguardando um resultado das autópsias  e dar continuidade as investigações para determinar se tem culpados neste caso por parte dos médicos.

Por Alexandre Lima/Oaltoacre

Vídeo publicado no facebook já passou de 1 milhão de visualizações. Veja abaixo