Autor de assassinato de mototaxista boliviano em 2019 é preso em Xapuri

Corpo do mototaxista foi encontrado em decomposição quatro dias depois depois.

Um trabalho conjunto entre agentes da Polícia Civil de Xapuri, Epitaciolândia e Polícia Militar da 2ª Companhia, conseguiram localizar e deter o autor do crime que chocou a sociedade da regional do Alto Acre, além do lado boliviano no mês de julho de 2019.

Pablo Costa Progênio foi morto com dois tiros de rifle 22.

Na época, Sebastião Monteiro Nogueira (35), teria contratado o mototaxista boliviano Pablo Costa Progênio, de 35 anos, para que o levasse até uma propriedade localizada em um ramal do km 16 da BR 317.

No final da corrida após uma discussão entre os dois, acabou que o mototaxista foi morto com dois tiros de rifle efetuado por Sebastião, que escondeu o corpo e a moto sendo encontrado quatro dias depois, já em estado de decomposição no meio do mato. O caso foi tratado como latrocínio pelo delegado Rômulo Diniz na época.

O mesmo se apresentou dias depois na delegacia e foi liberado até ser chamado pela Justiça. Passado quase dois anos, o mesmo foi abordado pelos agentes da Lei circulando de bicicleta pela cidade de Xapuri e detido, pois, havia um mandado de prisão em aberto em seu desfavor emito pela Justiça.

O mesmo era considerado foragido e foi conduzido para a delegacia, onde foi entregue ao delegado plantonista para a realização dos procedimentos cabíveis sobre o caso.

%d blogueiros gostam disto: