Bolsonaro diz no JN que pretende convidar juiz Sérgio Moro para Ministério da Justiça

Eleito presidente, Bolsonaro falou ao JN: favorável à liberdade de imprensa/Foto: reprodução

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) afirmou na noite desta segunda-feira (29), em entrevista concedida ao Jornal Nacional, que tenciona convidar Sérgio Moro para ser o futuro ministro da Justiça. A outra possibilidade é indicar o juiz federal para uma vaga no STF (Supremo Tribunal Federal).

“Pretendo convidá-lo para o Ministério da Justiça ou – seria no futuro – abrindo uma vaga no Supremo Tribunal Federal, na qual melhor ele achasse que poderia trabalhar para o Brasil”, ressaltou Bolsonaro.

O presidente eleito aproveitou a entrevista ao JN para fazer um apelo aos brasileiros, em especial aos que não votaram nele: “Peço que me deem uma oportunidade para que possamos unir o Brasil e governar para todos, [sejam] brancos e negros, homo e héteros”, disse.

Além disso, Bolsonaro classificou a pecha de homofóbico como um “rótulo”, se declarou “totalmente favorável” à liberdade de imprensa e disse que a fala sobre ‘marginais vermelhos’ teria sido um “desabafo”.