Brasiléia e Epitaciolândia retornam a faixa Laranja do Covid-19

CONTILNET

Quatro cidades acreanas retrocederam nesta quinta-feira (29) para a faixa laranja (Alerta) em relação à pandemia de coronavírus. São elas Brasileia, Assis Brasil, Xapuri e Epitaciolândia, que formam a regional de saúde do baixo Acre. Os demais municípios permanecem na bandeira amarela (Atenção).

Com o retorno para o nível laranja, as cidades terão alguns serviços e atividades novamente suspensos. Entre eles estão eventos e espaços culturais, igrejas, bares, restaurantes e lanchonetes, parques, quadras, centros escolas de formação.

O anúncio foi feito pelo governo do estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre) e do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19. Esta foi a décima divulgação da classificação do nível de risco desde a criação do Pacto Acre sem Covid, em meados de abril.

Todos as três regionais de saúde do estado haviam ficado na faixa amarela por três meses. O período analisado para a atual classificação foi de 11 a 24 de outubro. Uma nova avaliação acontecerá no dia 13 de novembro para saber se o estado permanece, retrocede ou avança de faixa.

Entre os indicadores analisados estão isolamento social, notificações por síndrome gripal, novas internações por síndrome respiratória aguda grave, novos casos confirmados de covid-19, novos óbitos por coronavírus, ocupação de leitos clínicos por pacientes com covid-19 e ocupação de leitos de UTI por pessoas acometidas pelo vírus.

As regionais de saúde são a do Alto Acre, representada pelos municípios de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri; Baixo Acre (Acrelândia, Bujari, Capixaba, Jordão, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Senador Guiomard) e Juruá (Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Tarauacá)

%d blogueiros gostam disto: