Câmara de Brasiléia realiza 6ª Sessão Ordinária do Ano de 2021

A Sexta Sessão Ordinária do Primeiro ano legislativo da décima quinta legislatura do município de Brasiléia, que foi realizada nesta terça-feira 06, contou com a presença dos vereadores Elenilson Cruz (PT), Reinaldo Gadelha (MDB), Marinete Mesquita (PT), Jurandir Queiroz (PROS), Leomar Barbosa (PSD), Leonir Castro (PP), Neiva Badotti (PSB), Lessandro Jorge (PT), Rogerio Pontes (PROS), Marquinhos Tibúrcio (MDB) e da Presidente Arlete Amaral (SD).

O acesso ao plenário permanece restrito à população, Somente vereadores, servidores e profissionais dos veículos de comunicação podem participar das atividades parlamentares. A sessão é transmitida ao vivo pela Internet, no Facebook Câmara Municipal de Brasiléia e no Portal Legislativo camaramunicipaldebrasileia.com.br

Nesta Sessão, os vereadores utilizaram a Tribuna para fazer as suas reivindicações:

Vereador Elenilson Cruz (PT): o parlamentar no uso de suas atribuições, fez algumas solicitações e mencionou os problemas recentes ocasionados pelo decreto da Bolívia no município de Cobija, Junto com o Vereador Jorge fomos a respeito do decreto que está vigente naquele país, decreto esse que fala que só podem passar a fronteira durante três horas do dia e sendo assim prejudicando os internos brasileiros de medicina que estão sendo proibidos de entrar ou sair do país. Também solicitou da prefeitura de Brasiléia a recuperação do ramal do km 13 linha 10, que possam ter sensibilidade com esse povo tão sofrido que é o povo da zona rural, finalizando pediu ao Secretário Lima a Recuperação das ruas do Alberto Castro, principalmente a rua Manoel Ferreira de Lima próximo ao Júlio tatuador.

 

Vereador Jurandir Queiroz (PROS): o parlamentar no uso de suas atribuições, prestou solidariedade a presidente da câmara Arlete Amaral, pelos transtornos vivenciados por ela na cidade de cobija, capital de pando (Bolívia), ficando impossibilitada de passar para o lado  Brasileiro por conta de um decreto da quele país, infelizmente não é nenhuma novidade em alguns momentos esse comportamento das autoridades Bolivianas, o vereador solicitou duas indicações para que a prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras viabilize um tapa buraco na rua; Maria das Neves Araújo Moreira, a rua está intrafegável com muitos buraco e precisa dos seus devidos cuidados e que a prefeitura tenha acessibilidade para realizar as devidas melhorias, no mesmo endereço reforçou a questão da falta de iluminação pública, com a falta de iluminação agregara em outras situações como a falta de segurança para a população, finalizou solicitando para que o poder executivo através do seu setor competente, possa viabilizar a rua logo após o (DEPASA), a esquerda, a mesma encontra-se em estado crítico.

Vereador Leomar Barbosa (PSD): o parlamentar no uso de suas atribuições, pediu serviços de iluminação pública no bairro Marcos Galvão II, inclusive as duas entradas para referido bairro, bem como solicitou para que o secretário de saúde municipal de Brasileia, justifique os gastos e despesas empenhadas referente ao serviço prestado com a criação de vinhetas, cards, para vinculação nas redes sociais, rádios locais e da capital, no combate a (Covid-19). O parlamentar criticou a respeito do processo seletivo da prefeitura municipal de Brasiléia, em pleno feriado prolongado da semana santa, sendo o último dia para a inscrição na segunda-feira dia 05, tantas exigências, sendo caracterizado que o processo seletivo seja uma pedra Marcada e favorecimento, já que os critérios estão favorecendo os funcionários que estão trabalhando atualmente.

 

Vereador Leonir Castro (PP): o parlamentar no uso de suas atribuições, agradeceu a prefeita Fernanda Hassem pelo apoio as igrejas evangélicas, haja em vista que as entidades exercem um grande trabalho social dentro do município, e que seja criado no município a semana do evangelho pois é de muita importância, semanalmente pessoas com dependências químicas batem na porta da igreja solicitando ajuda, o parlamentar ressalta para que seja criado um centro de recuperação para essas pessoas aqui no alto acre, solicitou a secretaria de obras a recuperação da rua  Padre Alexandrino que vai de encontro a Rua Rodrigues Alves, a mesma encontra-se há mais de 10 anos rompida, lugar onde ocasionou vários acidentes.

 

Vereador Lessandro Jorge (PT): o parlamentar no uso de suas atribuições, fez algumas indicações dentre as quais solicitou melhorias para o ramal do Km 10, parabenizou ao executivo por ter atendido a solicitação de melhorias no ramal do KM 18, o parlamentar ressalta que mais uma vez solicita  o melhoramento da rua Joaquim lima pois desde o início dos trabalhos no legislativo pede para que a prefeitura de Brasiléia através do setor competente realize os serviços na referida rua que está localizada ao lado do armazém paraíba, a rua encontra-se em situação vergonhosa.

  

Vereadora Neiva Badotti (PSB): a parlamentar no uso de suas atribuições, cobrou do poder executivo as melhorias do ramal da Eletra, pois o ramal não tem condições de trafego, ainda destaca que desde o início do ano está solicitando ao setor competente a melhoria. E deixa firmado o pedido de revogação do processo seletivo, e que o edital seja revisto e flexibilizado para que mais pessoas possam participar. A parlamentar esteve acompanhada pelo deputado estadual e médico infectologista Dr, Jenilson Leite, estiveram nas principais ruas de Brasiléia realizando entrega de mascaras para a população, no qual se depararam com adultos e crianças sem mascaras, não usavam pois não tinham condições de comprar, sugeriu para que essas famílias procurassem uma unidade de saúde mais próxima para pedir mascara, porque o executivo tem dinheiro para o combate ao (COVID-19).

 

Vereador Reinaldo Gadelha (MDB): o parlamentar no uso de suas atribuições, prestou solidariedade a vereadora Arlete Amaral diante do ocorrido na cidade de Cobija na Bolívia, e lamentou as matérias maldosas contra a presidente da casa do povo. O vereador solicitou para a prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras a construção de duas pontes do ramal santa Inês, Braço no ramal do polo o referido ramal encontra-se isolado e finalizou solicitando que o poder legislativo encaminhe um documento ao (DNIT), solicitando a operação tapa buraco na BR 317.

 Vereadora Marinete Mesquita (PT):  a parlamentar no uso de suas atribuições, parabenizou o vereador Elenilson Cruz pela ação que fez juntamente com seu grupo na Páscoa, distribuído ovos pelos bairros da cidade e lamentou o que ela chama de perseguição, sofrida por algumas pessoas ligadas ao próprio legislativo que estão indo nas portas de seus apoiadores falando mentiras sobre ela. Finalizando solicitou da secretaria de obras que vejam a situação da Rua Antônio Almeida Campos localizada no Bairro Aberto castro, que os bueiros estão acabando com a rua nos dias de chuva e se não for feito um trabalho os moradores ficaram sem passagem nessa rua.

 

Vereador Rogério Pontes (PROS): o parlamentar no uso das suas atribuições, fez algumas ponderações sobre o Governo do Estado e Prefeitura de Brasileia, declarou que “o governo do estado está meio perdido e precisamos que o Governador tome uma iniciativa para colocar as coisas no trilho, já que ele é o nosso líder maior, que cumpra o prometido que seria o início da obra do anel aviário de Epitaciolândia e Brasiléia por outro lado temos uma prefeita que está fazendo um bom trabalho no nosso município e sendo bem avaliada em todo o estado”.

 

Vereadora Arlete Amaral (SD): a parlamentar no uso de suas atribuições, mencionou o fato por ela vivenciado em Cobija de ter ficado impossibilitada de atravessar para o lado Brasileiro após o fechamento da tranca, “Não houve prisão nem maiores problemas. Foi apenas uma questão de atraso, pois quando estava retornando eles tinham acabado de fechar a tranca. Os bolivianos realmente querem que o decreto deles seja cumprido e a gente entende isso, mas o que importa é que tudo foi resolvido”, disse a vereadora. Finalizou solicitando a secretaria de saúde a vacinação dos Garis, “os profissionais de limpeza deveriam estar na lista de prioridade de imunização em consideração a essencialidade da profissão, que não pode ter as atividades interrompidas por aspectos ambientais e sanitários. Além disso, esses trabalhadores têm um nível de exposição de risco mais alto”.

%d blogueiros gostam disto: