Deputado federal Alan Rick usou laranjas para receber dinheiro do fundo partidário, denuncia FOLHA DE SÃO PAULO

Deputado Federal Alan Rick (DEM/AC), durante visita na cidade de Brasiléia – Foto: Alexandre Lima
Fonte Oaltoacre

O deputado federal Alan Rick (DEM), reeleito com 22.263 votos, pode está envolvido em um esquema fraudulento de uso do dinheiro do fundo partidário.

Segundo reportagem do jornal FOLHA DE SÃO PAULO, Alan Rick teria usado candidatos laranjas (pessoas que que se candidataram apenas para serem usadas no esquema), para arrecadar dinheiro para ajudar na reeleição do jornalista.

A peça mais forte do esquema denunciado pela reportagem foi a policial militar Sônia de Fátima Silva Alves, que disputou a eleição para deputada estadual e obteve seis votos. De acordo com os dados do Tribunal Regional Eleitoral, Sônia recebeu R$ 279,6 mil do Fundo Partidário, obteve seis votos e repassou 16% do que caiu na sua conta para o deputado federal Alan Rick.

A reportagem cita Sônia como um ¨fenômeno às avessas¨, porque foi dela, o voto mais caro do Brasil nas eleições de 2018. Cada voto, dividido pelo valor recebido, custou R$ 46 mil.

A reportagem narra que o esquema de usar laranjas tinha como objetivo principal, beneficiar o candidato mais forte do partido, neste caso, o evangélico Alan Rick.

Sônia, pelo que apurou o jornal, contratou 72 fornecedores, a maioria pessoas físicas e repassou até  R$ 10 mil para cada um.

A Polícia Federal já está investigando o esquema de uso de laranjas para desviar verba do Fundo Partidário, O deputado federal Alan Rick foi procurado pela reportagem para se pronunciar sobre a denúncia, mas preferiu ficar em silêncio.

%d blogueiros gostam disto: