Epitaciolândia e contemplada com licenças ambientais para produtores de suínos

O Governo do Estado do Acre entregou neste sábado, dia 1º, pelo menos 33 licenças ambientais a produtores de suínos do município de Epitaciolândia, gerando novos investimentos no valor de R$ 18 milhões para a região, considerada corredor estratégico para as exportações de cortes de suíno aos mercados asiáticos e latino-americanos, via frigorífico Dom Porquito.

A cerimônia aconteceu no Ramal da Piçarreira, onde os produtores receberam o prefeito Tião Flores e o governador Gladson Cameli com um churrasco oferecido pela comunidade, na propriedade de um dos beneficiados, o produtor Cícero Tenório.

“O que não conseguimos em três anos, o nosso governador Gladson Cameli nos proporcionou em três meses. Isso mostra o compromisso que esta nova administração tem pelo desenvolvimento do nosso estado e com os nossos produtores”, comemorou Cícero, que também é presidente da Cooperativa de Suinocultores de Epitaciolândia, a Coopersuíno.

A licença ambiental permite aos criadores de suínos obterem a segurança jurídica necessária para a criação e manejo de animais, e, principalmente, a captação de linhas de crédito para impulsionar o agronegócio, justamente o carro-chefe do governo Gladson Cameli.

O prefeito Tião flores agradece o governador pelos investimentos

Centenas de pessoas estiveram presentes à cerimônia de entrega dos títulos, entre elas vereadores dos municípios de Epitaciolândia, lideranças comunitárias e sindicais, deputados estaduais e federais, secretários, e os próprios criadores de suínos.

Segundo André Hassem, presidente do Instituto de Meio Ambiente e Análises Climáticas do Acre, cada um dos 33 produtores deverão receber R$ 360 mil em operações de créditos intermediadas pelo estado, para impulsionarem suas criações de suínos, além de outros R$ 240 mil para custeio do rebanho.

%d blogueiros gostam disto: