Familiares denunciam falta de materiais hospitalares na Maternidade Bárbara Heliodora

A denúncia é grave. Segundo o familiar de uma paciente internada na Maternidade Bárbara Heliodora, que prefere não se identificar, os equipamentos que fazem a esterilização dos materiais da unidade de saúde e também do Hospital da Criança estão queimados.

A esterilização de equipamentos é imprescindível, já que é através dela que se consegue destruir microrganismos que podem entrar em contato com pacientes ou equipe médica, evitando a contaminação em procedimentos cirúrgicos, curativos ou na realização de qualquer outro procedimento.

Segundo a denúncia, para não colocar em risco a saúde dos pacientes, o processo de esterilização estaria sendo realizado na Fundação Hospitalar.

Além dos equipamentos queimados, há também a denúncia de falta de materiais básicos como compressas, gases, luvas e outros materiais necessários para cirurgias. “O que está acontecendo é um absurdo. Estão racionando materiais de consumo hospitalar. Isso não pode acontecer”, afirma a denúncia.

O ac24horas checou a informação com servidores da maternidade que confirmaram a falta de material e o equipamento de esterilização danificado.

Procurado, o diretor da maternidade e o Hospital da Criança, o médico Vagner Bacelar, explicou que a informação de que o equipamento está queimado não procede. “O referido equipamento foi desligado por medida de segurança, em razão de um defeito em uma de suas válvulas, sendo que tal peça não tem para vender no Estado do Acre e a mesma já foi comprada em outro estado. Até que tal equipamento volte a funcionar, os materiais estão sendo esterilizados na Fundação Hospitalar, sem causar déficit as duas unidades de saúde”.

Vagner Bacelar também negou que estejam faltando materiais. “Cirurgias, partos e outros procedimentos vêm ocorrendo normalmente. Nenhum procedimento deixou ou deixará de ser realizado pela falsa informação de falta de materiais. Já estamos melhor do que quando recebemos essa unidade de saúde em primeiro de janeiro deste ano”.

%d blogueiros gostam disto: