Feriadão será chuvoso com aumento dos níveis dos rios”, prevê Friale

 

 

O pesquisador Davi Friale manifestou preocupação e alerta a população acreana bem como as autoridades sobre as chuvas que podem cair nos próximos dias com aumento considerável dos níveis dos rios. Segundo ele, chuvas intensas, pelo menos até a próxima terça-feira (06) devem cair no Estado, ou seja, o feriadão deve ser muito chuvoso.

“Chuvas intensas deverão ocorrer, entre esta sexta-feira (2/4/2021) e a próxima terça-feira (6/4/2021), na maior parte do Acre, de Rondônia, do Amazonas e do noroeste e norte de Mato Grosso. Especificamente no Acre, os maiores volumes de chuva ocorrerão nesta sexta-feira, na segunda-feira e na terça-feira, principalmente nas regiões de fronteira com a Bolívia e com o Peru, com acumulados pluviométricos médios, até o próximo dia 6 de abril, estimados entre 100 e 200mm. As chuvas intensas dos próximos dias deverão elevar bastante o nível da maioria dos rios do Acre”, prevê.

Ainda segundo ele, “pode chover forte, com raios, ventanias e queda pontual de granizo, em qualquer dia deste feriadão, no Acre e nas regiões próximas. As causas deste mau tempo são a elevada umidade do ar e a chegada ao Acre de mais uma frente fria (a nona deste ano), assim como a baixa pressão atmosférica no oeste do Acre e do Amazonas”.

Friale também disse em seu portal, o Tempo Aqui, que o mês de março foi bastante chuvoso. “Em alguns municípios, choveu um pouco acima, sendo que, em outros, um pouco abaixo da média para o mês. Por exemplo, em Rio Branco, o acumulado de março de 2021 foi 270,3mm, ou seja, 97,2% da média mensal, que é 278,1mm. Na cidade de Tarauacá, choveu 376,2mm, ou 15,1% acima da média, que é 326,8mm”, acrescentou.

O pesquisador acredita que até a primeira quinzena do mês de abril não haverá incursão de friagem. Mas, a previsão muda para o final do mês. “No entanto, antes do fim do mês, poderá ocorrer uma frente fria forte, que será sucedida por uma massa de ar polar de intensidade média, com sensível diminuição das temperaturas. Esta é apenas uma possibilidade. Tão logo, possamos confirmar, anunciaremos a primeira friagem típica da Amazônia Ocidental de 2021”, concluiu.

%d blogueiros gostam disto: