Fernanda Hassem diz que seu foco agora é lutar contra a pandemia e por Brasiléia

Durante a visita do governador do Acre nesta última quinta-feira, dia 10, no município de Brasiléia, onde assinou a ordem para o início dos serviços da construção do anel viário, com um investimento de pouco mais de R$ 60 milhões nos próximos dois anos, a política é claro que não ficou de fora.

Nas falas do governador Gladson Cameli, deixou claro que não cores partidárias no tocante as ajudas que puder direcionar a todos os municípios do Acre, destacando que foi eleito para trabalhar e assim será enquanto puder fazer.

Nos bastidores da política, as notas de que a prefeita Fernanda Hassem deixará o Partido dos Trabalhadores (PT), ecoa pelos quatro cantos do Estado. Mas, de fato nada está definido da sua saída e a mesma sequer fala sobre o assunto.

Fernanda falou durante entrevista ao jornal oaltoacre ao vivo, que agora não pensa nisso, pois tem uma grande batalha contra a pandemia e só quer cuidar dos 28 mil habitantes de Brasiléia.

“Fomos acostumados a fazer política naquele modelo antigo, se você fica do lado de um político durante um momento, as pessoas já confundem. Desde 2017, as pessoas ficam me indagando (…) eu não governo para vermelho, para azul, nem para amarelo… eu governo para o povo, para homens, mulheres e crianças e assim será até o fim do meu mandato e quando eu disse que minha bandeira era Brasiléia, incomodou muita gente, principalmente os antigos”, destacou.

A gestora destacou que somente vai discutir eleição, no ano da eleição, “como é que vou ficar falando de partido ou mudar, se sou candidata ou não, se estou com uma pandemia ‘nas costas’, se tenho ruas para asfaltar e ramais para consertar? Meu foco é Brasiléia e assim vai ser”, finalizou.

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: