Gás chega a 125 reais no interior e população se revolta

 

“O povo está sendo excluído de um produto básico”, disse Edvaldo Magalhães

POR LEANDRO CHAVES

Em Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre, a botija de gás chega a custar R$ 125. A informação foi veiculada nas redes sociais do deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB), que criticou o preço do item de primeira necessidade.

“O povo está sendo excluído de um produto básico”, disse o parlamentar.

Ele aproveitou a oportunidade para criticar o teto do novo auxílio emergencial pago pelo presidente Jair Bolsonaro e pedir o retorno do antigo valor, de R$ 600. “O auxílio emergencial de R$ 300 não paga a cesta básica e uma botija”.

%d blogueiros gostam disto: