Gasolina registra quarta semana de aumento e preços chegam até R$5,38

O mês de setembro vem trazendo prejuízo para o bolso dos acreanos, isso porque durante esse fim de semana, a gasolina registrou um novo aumento. O combustível que já vinha sendo vendido por preços na média de R$5,15, com esse novo reajuste chegaram até R$5,38.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), somente o diesel ficou com o preço praticamente estável, enquanto a gasolina registrou uma alta de 0,52%, essa é a quarta semana consecutiva de aumento.

Preço médio da gasolina aumentou em todos os postos da Capital/Foto: ContilNet

Nas refinarias, a Petrobras manteve o mesmo preço da gasolina durante toda a semana, a estatal anunciou que o preço de R$2,2514 foi mantido e que a última alta só ocorreu no dia 13 de setembro quando o preço do produto teve um aumento de 0,98%.

No começo do mês, a estatal anunciou uma flexibilização na política de preços que vai controlar os intervalos de reajustes nos preços da gasolina nas refinarias, permitindo que não sejam feitos reajustes em até 15 dias.

Este é o quarto aumento seguido no preço dos combustíveis/Foto: ContilNet

Os motoristas acreanos se dizem indignados com o novo aumento, de acordo com José Luiz de Souza, que é comerciante “a situação é muito complicada, daqui a pouco, vamos precisar andar de pé, isso é uma vergonha”, ressaltou.

Cícero Rosas que é taxista, diz que com esses altos preços fica bem difícil continuar trabalhando, “a gasolina já estava com o preço lá em cima, assim só piora a situação da gente”. Mas disse que mesmo com os altos preços da gasolina, ainda preza pela qualidade do combustível. “Não adianta procurar postos com preços mais baixos, porque a gasolina não rende, prefiro abastecer em lugares que considero confiáveis”, afirmou o taxista.