Gladson Cameli anuncia pacote de licenças ambientais e de obras para ramais do Alto Acre Por Alexandre Lima – 1 de junho de 20

Governador Gladson Cameli chegou no local do evento acompanhado da prefeita Fernanda Hassem.

Governador falou da importante parceria com os prefeitos, segurança na fronteira e problemas na saúde

Uma ação onde contou com a presença do Governador do Acre Gladson Cameli, dos prefeitos da regional do Alto Acre; Antônio Barbosa ‘Zum’ (Assis Brasil), Fernanda Hassem (Brasiléia), Tião Flores (Epitaciolândia) e Ubiraci Vasconcelos (Xapuri), além da presença de vários secretários estaduais, da deputada federal Vanda Milani, dos estaduais Antônio Pedro e Manoel Moraes, vereadores e população convidada para receber boas novas.

Gladson trouxe para os prefeitos, o tão esperado contrato e anuncio das parcerias que irão colocar máquinas dentro dos municípios para que os ramais comecem a dar mais trafegabilidade, aproveitando o verão amazônico.

Toda a ação foi elogiada pelos prefeitos onde destacou a parceria por parte de Gladson Cameli sem distinção de cor partidária. “Quero destacar que esta é segunda vez como prefeito que assino esse importante convênio com o governo, para receber esses benefícios”, disse o prefeito de Assis Brasil. A primeira teria acontecido na administração do ex-governador Edmundo Pinto e agora, com o atual governo.

A prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem, destacou que este seria o primeiro que assina em dois anos de mandato. “Quero levar vez e voz para o homem do campo (…) Não adianta falar de reformas e investimentos dentro da propriedade se não tiver ramal. Não adianta termos plantio e secretarias de base e políticas públicas, mas, sem o ramal não conseguimos sequer tirar os filhos para receber um tratamento (…), e quero a forma republicana que o Governador trabalha pelo fato de saber que teve pessoas que queria que fosse assinado convênios só com prefeituras aliadas, mas Gladson disse não, vamos assinar com todos os prefeitos. E aqui fica a minha gratidão”, destacou a gestora.

“Estamos sendo beneficiados com R$ 386 mil reais para serem aplicados em ramais de Epitaciolândia. Apesar adas dificuldades que estamos enfrentando, essa parceria com o governo será de importante valia, uma vez que irá beneficiar centenas de famílias na zona rural do nosso Município. O governador estará na zona rural neste sábado para entregar licenças ambientais aos produtores de aves e suínos dentro da legalidade e agora estarão realizando esse sonho”, destacou o prefeito de Epitaciolândia, Tião Flores.

Gladson Cameli também destacou a importância das parcerias com os Municípios e reconhece que precisa de todos os prefeitos para poder trabalhar. “Estamos aqui sem distinção partidária. “Esta é uma parceria ombro-a-ombro na zona rural, nas estradas vicinais, de ramais e depois vamos partir para a zona urbana para ajudar àquelas pessoas que tendo problemas em suas ruas, infraestruturas e em todas às áreas necessárias”, destacou o governador.

Foi perguntado ao Governador, sobre os trabalhos realizados na ponte José Augusto, onde foi trocado todo o seu assoalho, ficando atualmente somente a madeira. “Não estou satisfeito. Vai ser construída uma nova ponte ao seu lado e nos próximos 10 dias estará sendo publicado no Diário Oficial sua licitação, do anel viário e da outra ponte mais abaixo para tirar esse trafego pesado pelo meio das duas cidades”, disse.

Em relação aos problemas da saúde do Estado, Gladson destacou que não seria o dinheiro, e sim, de gestão… Da má vontade e já não culpo as ex-gestões. Vamos ter que resolver uma vez que temos dinheiro para trabalhar. Já determinei que a Polícia Civil faça uma investigação para que apure as irregularidades e caso não resolva, vamos mudar tudo”, disse o gestor estadual.

Em relação à segurança, o governador destacou que está investindo no ‘Batalhão de Fronteira’ para combater o tráfico de armas e drogas. Vamos receber ainda neste ano, 100 viaturas novas, estruturas de equipamentos com apoio da nossa bancada federal, e com a criação desse Batalhão, estaremos junto com o Exército, PF e PRF”, concluiu Gladson Cameli.

%d blogueiros gostam disto: