Gladson e secretário de Saúde dizem que Acre deve entrar em colapso em questão de dias

O governador Gladson Cameli declarou na tarde desta quinta-feira (4), durante reunião com a bancada federal, que o sistema de saúde do Acre poderá entrar em colapso, como ocorre no Amazonas e em Rondônia.

De acordo com o chefe do executivo, o sistema de saúde conta com 95% das unidades de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupadas. “Não vamos tapar o sol com a peneira, podemos chegar em colapso de saúde em dias, semanas, devido um aumento de mais de mil casos nos últimos dias”, ressaltou.

Entretanto, o governador disse que sua gestão não está de braços cruzados esperando pelo pior, algumas medidas já foram tomadas. “Estamos tomando as providências necessárias, como usina de oxigênio, ampliação de leitos e contratação de médicos”, declarou.

O clima de tensão foi confirmado também pelo secretário de saúde, Alysson Bestene. “De acordo com estudos de especialistas, a curva epidemiológica aponta que daqui a duas semanas, poderá estar em colapso”, declarou.

%d blogueiros gostam disto: