Grupo de jovens é atingido por castanheira gigante; 4 deles morrem na tragédia

Uma tragédia no início da noite deste sábado (05), deixou quatro mortos e outros feridos durante a queda de uma castanheira, numa localidade do ramal do Cassirian, com entrada na altura do quilômetro 25 da estrada de Rio Branco. As vítimas morreram com traumatismo craniano e os corpos foram levados ao necrotério do hospital João Cancio Fernandes. Algumas pessoas conseguiram sobreviver e receberam socorro do SAMU e do corpo de bombeiros. “Na entrada do ramal encontramos algumas vítimas que vinham em carros particulares e colocamos na viatura e voltamos ao hospital”, disse um bombeiro.

Três vítimas que morreram ainda no local são identificadas por: Mateus, Airton e Lucas. A quarta vítima ainda chegou a ser atendida no pronto socorro de Sena Madureira, mas faleceu quando era transferida para Rio Branco. Uma das sobreviventes é uma mulher.

Segundo relatos de familiares, o grupo estava próximo a uma árvore da espécie castanheira cuja galhada caiu atingido em cheio três deles e parcialmente, outros. Segundo consta, as vítimas são da mesma família.

A queda da galhada teria sido motivada por outra árvore atingida por incêndio anteriormente. Familiares aguardavam a liberação dos corpos para o velório na madrugada deste domingo nas dependências do hospital de Sena Madureira.

O senhor Leudo, que é pai de um dos mortos contou que estava trabalhando numa fazenda quando recebeu a notícia. “Quando cheguei na entrada do ramal me deparei com o corpo de meu filho que estava sendo transferido para o hospital, é uma dor muito forte para um pai”, disse.

A mãe de Mateus, vítima fatal da tragédia, relatou que parte das vítimas esteve em sua casa pela manhã e disse que iria a uma festa no rio Purus. “Compraram uns bombons e disseram que iriam à uma festa, e quando foi mais tarde tecebi a informação de que Mateus, Airton e Lucas tinham morrido”, relatou dona Dora.

A tragédia chocou os moradores do ramal do Cassirian e toda comunidade de Sena Madureira, pois tratou-se de quatro mortes e outros feridos.

%d blogueiros gostam disto: