Homem é morto a tiros e tem moto depredada por populares em bairro

Um motociclista, que ainda não teve o nome revelado, foi morto a tiros na tarde desta segunda-feira (15) no Bairro João Eduardo II. Segundo informações da Polícia Civil, populares teriam depredado a moto em que ele estava.

O delegado Rêmulo Diniz, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que informações iniciais apontam que a vítima teria tentado contra a vida de moradores do bairro quando houve tiroteio. Porém, junto ao corpo do motociclista não foi encontrada arma. A motocicleta que o homem estava tinha restrição de roubo.

“Segundo informes do bairro, esse cidadão que veio a óbito não era do bairro. Ele teria chegado em uma moto, que consta com restrição de roubo e, supostamente, teria tentado contra a vida de moradores daquela rua. Eles revidaram, trocaram tiros e ele veio a óbito. Mas, essas informações ainda vão ser apuradas com mais afinco. De fato, ele não é morador de lá e não temos a identificação ainda, porque ele estava sem documentos na hora e a moto era roubada”, disse o delegado.

A vítima foi alvejada por ao menos três disparos de arma de fogo. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal para os exames cadavéricos e a Polícia Civil investiga o caso. Até o momento, ninguém foi preso.

“Depois que ele morreu, que acabou o tiroteio, a população, inclusive, depredou a motocicleta com paus e pedras e começaram a catar as cápsulas que tinham sido deixadas pela troca de tiros. Agora ele foi levado para o IML onde vai ser feito o exame complementar. Estamos investigando”, concluiu.

%d blogueiros gostam disto: