Homem que fugiu pela porta de frente do presidio na Capital é preso furtando na Bolívia

Leandro realizou uma fuga espetacular do FOC e estava na Bolívia até ser preso por furto.

Um caso que está sendo investigado pela alta cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Acre, após o detento Leandro Xavier de Barros, acusado de tráfico de drogas e que teria saído do presídio no dia 18 do mês em curso, pela porta da frente vestido de agente penitenciário, com uma balaclava (máscara) e com apoio de um veículo que o aguardava.

Uma equipe se deslocou especialmente até a fronteira para buscar Leandro após ser deportado e entregue às autoridades do Acre.

Cerca de 10 após o episódio e muitas buscas, descobriram que Leandro foi preso na noite desta quarta-feira, dia 26, na cidade de Cobija, lado boliviano tentando praticar furto em uma residência, mas, deu azar e foi preso pela Polícia Nacional Boliviana.

Durante todo o dia desta quinta-feira (27), foi realizado os trâmites para que Leandro fosse repatriado e entregue às autoridades do Acre, onde deverá explicar a sua ‘fuga espetacular’ do presídio estadual Francisco de Oliveira Conde.

O delegado que responde pela regional do Alto Acre, Karlesso Nespoli, esteve na cidade de Cobija juntamente com o comandante da Polícia Nacional em Pando, Coronel Ramos, onde destacou essa parceria entre as polícias na fronteira no combate ao crime durante uma coletiva com a imprensa. Um forte aparato com agentes da Polícia Civil da fronteira foi organizado para que recebessem o fugitivo da justiça do Acre.

Comandante da Polícia Nacional de Pando, Cel Ramos (e) e o delegado do Acre, Karlesso Nespoli, durante coletiva em Cobija – Foto: Divulgação

Leandro Xavier estava preso pelo crime de tráfico de drogas, desde o ano de 2010 em uma ação da Polícia Federal no aeroporto da capital quando tentava seguir com 16kg de cocaína oriunda da Bolívia para São Luís do Maranhão.

Segundo foi informado, Leandro Xavier foi transferido imediatamente para a Capital após realizar exames de corpo delito no hospital de Brasiléia.

Veja o vídeo: