Igreja católica se prepara para romaria com Relíquia de São Francisco de Assis em Brasileia

Por Fernando Oliveira/Pascom.

Várias autoridades de instituições públicas, estiveram reunidas nesta sexta-feira, 24, no salão paroquial da Paróquia Nossa Senhora das Dores de Brasileia. Com o Pároco Moacir

Carreiro, Elielson Cunha da comunidade Obra de Maria, Fábio Fabricio e Narciso Candido da coordenação geral da Romaria, Rumo ao centenário como Igreja de Rio Branco, com peregrinação da Relíquia de São Francisco de Assis, que vai acontecer em Brasileia em Junho.

Durante a reunião foi apresentado as autoridades pela coordenação geral do evento, toda a programação, estrutura, logística e o trajeto por onde devem passar a romaria com mais de 30 ônibus com fiéis, além de outros veículos que vão até o santuário de São Francisco de Assis na BR 317 Estrada do Pacifico km 04, Participar do evento no dia 15 de Junho.

Participaram da reunião Comandante do 10° Batalhão da Policia Militar, Major Ana Cássia, representantes da prefeitura de Brasileia, CIFTRAN, Corpo de Bombeiros, Vigilância sanitária e do Hospital Regional do Alto Acre Wildy Viana.

Essa peregrinação ocorre em comemoração ao jubileu dos 800 anos da Ordem Franciscana Secular – OFS (conhecida como Terceira Ordem Franciscana)  que ocorrerá em 2021.

Major Ana Kassia, comandante do 10º Batalhão da PM no alto Acre.

Aos 20 de maio de 1221 foi aprovado pelo Papa Gregório IX a “Memoriale Propositi”, primeira regra aprovada pela Igreja, para os irmãos da Penitência (marco histórico para os pois foi o 1° documento aprovado pela Igreja para os Leigos), marco do início do ramo secular das três Ordens fundadas por São Francisco de Assis.

Para melhor celebrar tão grande momento da nossa história, o Conselho Nacional da OFS, pensou em fazer peregrinar por todas as fraternidades do Brasil uma imagem e uma Relíquia de São Francisco, que começou em 2015 por São Paulo.

A imagem foi um presente da cúria geral dos Frades Menores Capuchinhos e a Relíquia, um fragmento de osso, foi ofertado pela cúria geral dos Frades Menores Conventuais. Ambas vieram de Assis na Itália.

Fábio Fabrício, coordenado do evento.

Vamos celebrar esse importante momento para a história da Ordem Franciscana Secular – OFS, e receber com amor e zelo a imagem e a Relíquia do nosso seráfico pai São Francisco de Assis.

O que é uma relíquia?

Uma relíquia é um fragmento de osso ou um objeto que tenha alguma relação com um(a) Santo(a), aos quais os católicos prestam veneração ou reverência.

O costume das relíquias dos santos vem desde o início do cristianismo. Primeiramente os mártires foram cultuados; o povo de Deus recolhia seus corpos e os sepultava com reverência.

As sepulturas dos mártires eram visitadas por peregrinos; muitos queriam ser sepultados junto a um mártir pois julgavam que este mais intercederia por eles no Céu.

Classificação da relíquia:

– Primeira Classe, parte do corpo de um santo (ossos, unhas, cabelo);

– Segunda Classe, objecos pessoais de um santo (roupa, terço, crucifixo, um cajado, os pregos da cruz, etc.);

– Terceira Classe, inclui pedaços de tecido que tocaram no corpo do santo, ou, no relicário onde uma porção do seu corpo está conservada.