Jair Bolsonaro é eleito presidente da República Federativa do Brasil

RIO DE JANEIRO, BRAZIL – OCTOBER 28: Jair Bolsonaro, far-right lawmaker and presidential candidate of the Social Liberal Party (PSL), gestures after casting his vote during general elections on October 28, 2018 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images)

Em um resultado histórico e bastante disputado, maioria do povo brasileiro escolheram o novo presidente do Brasil neste domingo, dia 28 de outubro de 2018. Um militar da reserva do Exercito Brasileiro com discursos duros e quase 30 anos na política, quase assassinado, se elegeu de dentro de casa usando um celular e a rede social.

Uma decisão tomada sozinha de dentro de sua casa no Rio de Janeiro (RJ) a quatro anos atrás, foi de encontro as grandes empresas de comunicação do Brasil, além de ter sido bastante criticado por classes sociais e militantes de esquerda do País que apoiavam um candidato que recebia coordenação de campanha de um condenado que está preso, o ex-presidente do país, Luís Inácio Lula da Silva.

População na década de 1960 contra o comunismo – Foto: reprodução

O ex-capitão atraiu seguidores, chegando a mais oito milhões nas redes sociais, além e eleitores. Com discurso de apoio a família e melhorias para o País contra o Partido dos Trabalhadores, Bolsonaro continuou liderando as pesquisas em quase todo o Brasil.

A exemplo da década de 1960 do século passado, quando o povo foi às ruas empunhando faixas contra implantação do comunismo no Brasil, 58 anos depois a cena se repete em 2018. A atual experiência é repudiada pela maioria dos brasileiros que estavam tendo governantes eleitos por partidos de esquerda no Brasil desde 2003.

Desde 2015, brasileiros eram contra a continuidade do PT no governo federal. Foto: reproducão.

Os escândalos direcionados aos políticos, seguidas prisões com condenações pesadas. Desobediência aos poderes e manifestações consideradas pesadas por maioria das famílias, foram o marco para que adesões à campanha de Bolsonaro crescessem.

Por volta das 18 horas deste domingo (18), horário de Brasília (DF), já se podia ver que Jair Bolsonaro, que liderava os resultados oficiais do STE. Pouco depois, fez com que grandes empresas de comunicação que foram contrários à sua candidatura, o declarassem eleito.

Antes do discurso da vitória, Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo pelo Facebook na qual disse que pretende “resgatar o Brasil”.