Jorge Viana conclui viagem pelos municípios do Acre: “momento é de olhar para frente”

Depois de mais de dois mil quilômetros de estrada percorridos, o senador Jorge Viana concluiu nesta semana sua visita a dez municípios do Acre para agradecer pelo apoio que recebeu em seus oito anos de mandato e para prestar contas do seu trabalho no Senado. O parlamentar esteve em Manoel Urbano, Sena Madureira, Tarauacá, Feijó, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Brasileia, Epitaciolândia e encerrou a viagem em Xapuri, berço da Revolução Acreana. Os municípios em que não pôde visitar, o parlamentar diz que pretende ir ainda em 2019.

“Andamos o Acre de ponta a ponta, conversamos com muita gente, abraçamos amigos, nos emocionamos, falamos de futuro e dos nossos sonhos de dias melhores para todos. No final deste mês encerro meu mandato. Foram oito anos de trabalho dedicado ao nosso estado e ao nosso país. Procurei honrar todos que me permitiram ocupar mais essa função pública. Um ciclo se encerra, mas certamente outros virão. Não tenho outra palavra que não seja de agradecimento”, declarou o parlamentar em sua conta no Instagram.

Sobre o atual cenário político do país, Jorge Viana defende mais união. Para ele, o acirramento das posições políticas não trará soluções. “Alguém ainda vai ter que mediar um entendimento nesse país”, acredita.

A respeito do encerramento do seu mandato no Senado, que ocorre no próximo dia 31 de janeiro, Jorge Viana diz que, mesmo sem cargo, não perderá sua disposição de ajudar o Acre. “Procurei trabalhar todos os dias para ajudar a melhorar a vida das pessoas, para construção de uma sociedade melhor para todos. Mas nem sempre um bom mandato é suficiente para vencer uma eleição. Hoje em dia, a eleição tornou-se mais um espaço de confronto do que de propostas de trabalho e ideias, infelizmente. Mas, eu já tive oportunidade de ser prefeito, de ser governador por duas vezes, de ser senador, não tenho o direito de reclamar”, declarou.

O parlamentar lembra que já ficou sem cargo eletivo depois que saiu da prefeitura e depois que saiu do governo. E reforça que seu papel sempre foi de mediador. “Se hoje eu tenho o privilégio da amizade das pessoas mais simples do Acre, dos irmãos indígenas, agricultores, extrativistas, se eu me relaciono com empresários, servidores, comerciantes, industriais, é porque eu tenho procurado sempre um jeito de conviver com todo mundo. Acho que é isso que está faltando para o Acre e o Brasil”.

Para Jorge Viana, o momento é de olhar para o futuro. “A vitória, às vezes, ensina pouco, porque ela mascara os erros. O melhor que podemos agora é olhar para frente. É isso que me move. Dizem que quem se preocupa com o futuro nunca se despede. Está sempre na espera de um amanhã melhor para todos. Que deus siga bendizendo nosso Acre e nosso país”, concluiu o parlamentar.