Jovem especial de Assis Brasil é destaque em competição paraolímpica

Um jovem de 16 anos do município de Assis Brasil, tinha tudo para ficar em casa apenas assistindo televisão. Principalmente quando se tem limites de mobilidade, mas, esse não é o caso de Ricardo Souza Campos, que contou com apoio importante de seus pais e de seu treinador.

Neste dia 25 de maio, Ricardo conseguiu um feito inédito para sua categoria, depois de se classificar na competição de Bocha – BC3. Mesmo com a pouca idade, competiu na categoria adulto e se classificou em participações locais e estaduais.

Segundo foi informado, o jovem passou pelos quatro concorrentes até chegar nas finais. Neste sábado, após conseguir se classificar como campeão estadual e regional invicto, carimbou sua passagem para a competição nacional em novembro próximo no estado de São Paulo.

Segundo o sitio oficial do Comitê Paraolímpico Brasileiro, todos os atletas da bocha competem em cadeira de rodas. Na classificação funcional, eles são divididos em quatro classes, de acordo com o grau da deficiência e da necessidade de auxílio ou não.

A competição consiste em lançar as bolas coloridas o mais perto possível de uma branca (jack ou bolim). Os atletas ficam sentados em cadeiras de rodas e limitados a um espaço demarcado para fazer os arremessos. É permitido usar as mãos, os pés e instrumentos de auxílio, e contar com ajudantes (calheiros), no caso dos atletas com maior comprometimento dos membros. No Brasil, a modalidade é administrada pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE).