Justiça eleitoral do Acre inibe propaganda irregular em veículos na fronteira

cof

Diversos veículos foram parados durante blitz coordenadas pelo juiz eleitoral da 6ª Zona, Dr Gustavo Sirena.

No uso de suas atribuições, o juiz eleitoral da 6ª Zona, Dr Gustavo Sirena, está realizando blitzen em vários locais nos municípios de Brasiléia e Epitaciolândia, contando com o apoio de homens Detran e Polícia Militar, no intuito de coibir as propagandas eleitorais que estão sendo consideradas irregular.

O alvo principal nesta sexta-feira, dia 28, seria os adesivos colocados em veículos. Segundo as normas eleitorais, àqueles que não são perfurados, não podem estar nos para-brisas dianteiros e traseiros, por entender que podem dificultar a visibilidade e colocar a vida do condutor e passageiros em risco.

Dr Gustavo Sirena buscava inibir o acesso e irregularidades nas propagandas eleitorais.

O excesso também está sendo coibido, além da propaganda eleitoral da Frente Popular no Acre, onde possuem o nome do ex-presidente do PT impresso. Sob determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), está proibido em todo o Brasil. Os cartazes, santinhos, adesivos, perfurados, placas, outdoors e demais meios de publicidades, deverão estar sem o nome, podendo ser retidos e arrancados dos veículos.

As propaganda da Frente Popular do Acre (FPA) eram observadas se o nome do ex-presidente estava apagada.

“Estamos cumprindo determinação do TSE em todo o Brasil. Os partidos foram avisados do prazo para a retirada, ou que fossem apagadas dos meios publicitários. Ainda vemos que muitas pessoas ainda estão utilizando com o nome do ex-presidente e vamos ser enérgico com essa determinação”, disse o juiz Gustavo Sirena.

Também foi avisado que os veículos que estão utilizando de propaganda sonora, também serão coibidos e que as blitzen irão acontecer até o dia da eleição, em datas e horários diferentes nas duas cidades da fronteira.