Mais de 30 foragidos da justiça são presos no Acre durante operação nacional da Polícia Civil

Seis presos foram apresentados na 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil/Foto: ContilNet
EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O secretário de Polícia Civil, delegado Rêmulo Diniz, apresentou à imprensa na manhã desta quarta-feira (24) o resultado da Operação #PC27, deflagrada no Acre e em outros 25 estados do Brasil e Brasília.

A ação, comandada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, foi responsável pela expedição de 32 mandados de prisão em todo o estado, sendo 27 na capital acreana e o restante em Sena Madureira e nas regiões do Envira e Juruá.

A operação prendeu foragidos da justiça que deverão responder pelos crimes de tráfico de drogas, roubo, adulteração veicular e violência doméstica.

Operação ocorreu de forma simultânea nesta quarta/Foto: Sejusp

Seis dos presos na Capital acreana foram apresentados nesta quarta-feira, na terceira regional de Polícia Civil, no Aeroporto Velho.

De acordo com o delegado Robert Alencar, um dos responsáveis pela operação, o objetivo da polícia é enquadrar os foragidos.

“Diante dos crimes que praticaram, o objetivo da polícia é enquadrá-los nas penas que devem cumprir. A operação contou com a participação de centenas de agentes, que contribuíram para o seu sucesso”, explicou.

O nome Operação #27 é uma referência à união e padronização de todas as Polícias Civis. Mais de 800 prisões foram realizadas em todo o país.

“É uma compilação de esforços, que visa minimizar um efetivo resultado na redução da violência em todo o país”, destaca o Secretário de Polícia Civil Rêmullo Diniz.

%d blogueiros gostam disto: