No AC, mesário é detido após dizer a eleitores dentro de seção que tecla de urna estava quebrada

Um mesário foi detido na tarde deste domingo (28) após dizer aos eleitores dentro uma seção que a tecla número “3” da urna eletrônica estava quebrada. O caso ocorreu no município de Mâncio Lima, no interior do Acre. A informação foi confirmada ao G1 pelas polícias Federal (PF-AC) e Civil.

A PF informou que o homem vai responder por infração ao artigo 297 do Código Eleitoral que corresponde ao ato de impedir ou embaraçar o exercício do voto.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC) destacou que o juiz eleitoral Daniel Bonfim deu voz de prisão ao mesário que estava orientando os eleitores de forma errada.

O delegado de Polícia Civil do município, Luiz Tonini, explicou que o mesário foi conduzido para a Delegacia de Mâncio Lima onde foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). O homem prestou depoimento e em seguida foi liberado.

Ainda conforme Tonini, o juiz da zona eleitoral estava próximo do local no momento da ocorrência.

“Segundo relatório ele disse em alta voz dentro da seção que a tecla 3 estava quebrada. Isso é um delito eleitoral. Ele foi levado à delegacia pelos policiais militares. Infelizmente aconteceu esse fato, mas todas as medidas necessárias foram tomadas”, finalizou.

%d blogueiros gostam disto: