Operação ‘Midas’ prende 16 pessoas por roubo, tráfico de drogas e homicídios no Acre

A Polícia Civil deflagrou a “Operação Midas”, nesta quarta-feira (26), que mobilizou os policiais de 25 estados e do Distrito Federal e prendeu 16 pessoas envolvidas com diversos crimes no Acre. Além dos presos, a polícia apreendeu drogas, armas e dinheiro.

Em todo o país, foram presos mais de 300 acusados de roubos, homicídios e tráfico de drogas. De acordo com a polícia, são mais de 3,7 mil policiais envolvidos na ação nos 25 estados do país.

O delegado que coordenou a ação no Acre, Pedro Paulo Buzolin, informou que a ação deve ser concluída nesta quinta-feira (27). Segundo ele, foram cumpridos mandados de prisão em todo o estado, sendo nove pelo crime de roubo e os outros sete por crimes diversos, como tráfico de drogas e homicídios.

“É uma operação nacional das Polícias Civis de todos os estados que visava o cumprimento de mandados de prisão pela prática de crimes contra o patrimônio praticado com violência ou grave ameaça. No caso, roubos e latrocínios também, que é roubo seguido de morte. No estado do Acre, prendemos nove pessoas por roubo e mais sete pessoas por outros crimes”, disse Buzolin.