Para Petecão é quase impossível grandes empresas se instalarem no Acre com o preço alto da energia

Coordenador da bancada federal do Acre em Brasília, o senador Sérgio Petecão usou a tribuna da Aleac durante audiência publica, que debate o aumento da tarifa de energia no Estado, par afirmar que “é quase impossível que grandes empresas se instalarem no Acre por conta da má qualidade da energia elétrica e o seu alto preço”.

Petecão ressaltou que a vinda de André Pepitone da Nobrega, Diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel – foi um entendimento em razão de uma reunião ocorrida no início do mês na sede da agência, na capital Federal e destaca que é preciso um olhar de forma diferenciada para o Acre.

“Essa audiência é fruto já de um entendimento de uma reunião que fizemos com a bancada lá na Aneel. O acre precisa ter um tratamento diferenciado, como vamos trazer desenvolver o nosso estado, como vamos trazer indústrias para o Acre, investir aqui com uma energia de má qualidade e desse preço é quase impossível”.

Sobre a privatização da Eletroacre, o senador disse que acreditou que as coisas poderiam melhorar nas questões de qualidade e o preço da energia elétrica. E enfatizou que o aumento praticado pela Energisa é fora da realidade do Acre.

“Creio que o sentimentos de todos é que possamos encontrar um caminho para que tenhamos uma energia com preço justo e de qualidade. Eu acreditei quando nós venderam que com a privatização da Eletroacre que teríamos energia de qualidade e sobretudo com um preço justo, mas o que vemos é que isso não vem acontecendo. Esse aumento é fora da realidade do povo acreano. Nosso povo é um povo pobre, humilde onde sua maioria vive do emprego público, é preciso encontrar uma solução”, finalizou Petecão.