Peru entrega fuzis roubados de quartel boliviano em Pando em junho passado

Por Alexandre Lima/Oaltoacre

Em uma solenidade que tinha presente as autoridades da Bolívia e Peru, foram oficialmente entregues quatro dos nove fuzis modelo AK 47, roubados em junho passado, por um grupo armado envolvendo brasileiros e bolivianos na cidade de Porvenir, distante cerca de 35km de Cobija, capital do estado de Pando.

Durante esses meses, várias pessoas foram presas, incluindo brasileiros acusados de fazer parte de facção criminosa. Além dos fuzis, cerca de cinco pistolas juntamente com carregadores e munições, também foram levados.

Uma grande operação envolvendo forças policiais do Brasil, através do Acre, Bolívia e Peru, foi iniciada afim de recuperar as armas e prender os envolvidos. Foi quando descobriram que parte das armas estariam escondidas no lado peruano, próximo a Porto Maldonado.

Durante um cerco, os fuzis foram descobertos e recuperados, além da prisão dos suspeitos. Dias depois, um boliviano acusado de estar envolvido diretamente, foi descoberto e após uma luta corporal, feriu e matou um policial peruano com uma arma branca, para em seguida trocar tiros, sendo ferido e levado para um hospital. Cerca de oito dias depois, morreu com infecção generalizada.

Neste final de semana, um encontro entre autoridades militares do Peru e Bolívia, uma homenagem foi realizada ao policial peruano morto no exercício do trabalho e as armas entregues. Segundo foi informado, as buscas ao restante das armas estão em aberto na fronteira.

Veja a vídeo reportagem em espanhol abaixo:

%d blogueiros gostam disto: