PM’s do Acre levam cadelinha doente a clínica veterinária e a adotam como mascote

Não é à toa que o lema da Polícia Militar é servir e proteger. O exemplo é prático e se vê na rua incluindo o cuidado e proteção aos animais. Foi o que fizeram policiais do 1º Batalhão da PM do Acre ao resgatarem uma cadelinha de rua doente que não conseguia mais andar. Sensibilizados, os PM’s a levaram a uma clínica veterinária em Rio Branco. Resultado: a cadelinha foi atendida, está bem melhor e agora virou a mascote do 1º Batalhão da Polícia Militar e ajuda os policiais na segurança do quartel.

Após adotar a cadela, o batalhão, via Instagram, faz uma enquete pedindo aos internautas ajuda na escolha do nome dela.

PM's do Acre levam cadelinha doente a clínica veterinária e a adotam como mascote

%d blogueiros gostam disto: