Ponte José Augusto recebe melhorias até projeto definitivo ser aprovado em Brasília

Texto e vídeo por Alexandre Lima

O trabalho de troca de tábuas e pranchas na ponte José Augusto na fronteira do Acre, foi garantido na noite deste sábado, dia 19, conforme o planejado pelo Dnit, através da empresa detentora do consórcio que irá manter a manutenção nos próximos meses.

Segundo o engenheiro, dessa forma será garantido a trafegabilidade entre os dois municípios (Brasileia e Epitaciolândia), além dos veículos com destino à Capital e região do Peru.

A prefeitura de Brasiléia foi parceira no fornecimento da madeira, enquanto o Ciretran deu apoio controlando o tráfego, o desviando para a cidade vizinha de Cobija (Bolívia). A previsão para terminar, seria por volta da meia-noite, liberando o tráfego aos veículos.

Enquanto isso, o projeto para uma nova ponte estará sendo levado até Brasília, para que seja aprovado e licitado até o meio do ano, caso tudo ocorra dentro do previsto. Parte dos transtornos, segundo foi informado, seria pelo fato da camada de asfalto não permitir que a madeira secasse após chuvas, causando a deterioração rápida e como consequência, surgimento dos buracos.

“O trabalho não definitivo, mas irá garantir o tráfego dos veículos por mais tempo”, comentou o engenheiro. Com o convenio firmado, será possível uma manutenção mais constante. “Essa ponte não foi feita para receber asfalto e a madeira colocada não era resistente além de ser muito antiga e esse local tem que receber outra ponte”, comentou.

Veja o vídeo:

%d blogueiros gostam disto: