Pontes que ligam Acre e Bolívia são liberadas, mas clima ainda é de tensão no país

FOTO: ALEXANDRE LIMA

As pontes que ligam Epitaciolândia e Brasiléia, no Acre, a Cobija, na Bolívia, foram desbloqueadas no começo da noite da terça-feira (12).

As pontes ficaram seis dias bloqueadas por manifestantes desde antes da renúncia de Evo Morales e só foram liberadas com a proclamação de Jeanine Añez como presidente interina da Bolívia.

Polícia e Forças Armadas foram às ruas das cidades na tentativa de conter os protestos, que realmente perderam um pouco de força a partir da tarde de terça-feira. No entanto, o caos continua e muitas vias seguem bloqueadas e há confrontos em várias partes do País, entre apoiadores e oposicionistas do ex-presidente Evo Morales.

%d blogueiros gostam disto: