Prefeito de Xapuri nega apoio à candidatura de Fernanda Hassem para deputada federal

Raimari Cardoso

O prefeito de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos (PT), disse ao ac24horas que não procedem as informações repercutidas recentemente na regional do Alto Acre de que ele estaria comprometido em apoiar a prefeita Fernanda Hassem (PT), de Brasiléia, para a disputa de uma vaga na Câmara Federal pelo Partido dos Trabalhadores.

Os comentários sobre suposto apoio de Bira a uma candidatura de Fernanda para deputada federal também se referiam ao seu colega de Assis Brasil, Jerry Correia, que é mais um dos quatro prefeitos que o PT elegeu nas últimas eleições. Contatado pelo jornal para falar sobre o assunto, Correia ficou de retornar, mas não respondeu até o fechamento desta nota.

Bira Vasconcelos disse que o seu apoio à Fernanda Hassem é líquido e certo caso ela se candidate à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Para deputado federal, o gestor de Xapuri foi taxativo: “meu candidato é o Léo de Brito”. Ele também afirmou que não tem conhecimento de qualquer especulação sobre uma candidatura de Hassem para a Câmara Federal.

“Não, nunca conversamos sobre isso, mas a nossa orientação é a de que o deputado Léo de Brito é o nosso candidato para a Câmara Federal. Quanto à colega Fernanda, não creio que proceda, pelo menos no atual momento, essa informação de que ela almeja se lançar à Câmara Federal, mas a nossa posição é esta”, disse o prefeito de Xapuri.

Sobre a hipotética candidatura de Fernanda Hassem para deputada federal, o ac24horas falou com um dos grandes aliados políticos da prefeita em Brasiléia, o vereador Rogério Pontes, do PROS, que foi presidente da Câmara Municipal até o ano passado. Ele diz ser muito improvável que a gestora sequer deixe o seu mandato para concorrer a uma cadeira na Aleac.

“Eu acredito muito que a prefeita Fernanda Hassem não vai ser candidata à deputada federal e, pelas nossas conversas, creio que nem mesmo para estadual. Ela tem se destacado muito no cenário político regional e estadual, mas vejo que a intenção dela é fazer o máximo possível por Brasiléia, o que me faz avaliar que o segundo mandato vai ser integralmente cumprido”, disse Pontes.

Há, no entanto, quem tenha opinião diversa da exposta pelo vereador. Uma fonte muito próxima da prefeita diz que uma candidatura de Fernanda Hassem para a Câmara Federal é mais provável que para a Assembleia Legislativa, apesar de considerar que as especulações do momento são precoces e que “muita coisa ainda vai acontecer”.

A reportagem falou ainda com a Secretária de Comunicação da prefeita, Cristiane Araújo. Ela também afirmou que as informações que têm sido repercutidas não passam de meras especulações e direcionou o seu comentário sobre o assunto para o campo da gestão de Fernanda Hassem que, segundo ela, segue totalmente focada na condução do segundo mandato.

“É natural na política as especulações. Ainda é cedo. O que posso te garantir é que ela segue trabalhando no segundo mandato com a mesma garra do primeiro ano de gestão. É natural esse processo. Nosso Estado exala política, mas nós sabemos que até tudo se definir são águas e águas que rolam debaixo da ponte”, disse a assessora.

A prefeita Fernanda Hassem está vivendo um dos momentos mais movimentados dos cinco anos em que vem administrando o município de Brasiléia. Atualmente, além das muitas responsabilidades à frente da administração municipal em um cenário adverso de pandemia, ela também exerce o cargo de vice-presidente da Associação dos Municípios do Acre (Amac).

%d blogueiros gostam disto: