Prefeitura de Brasileia realiza ato em alusão ao dia da Exploração Sexual contra crianças e adolescentes

SECOM

Uma caminhada pela Avenida Manoel Marinho Monte em Brasileia marcou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, na tarde desta sexta-feira, 17 de Maio. Durante a caminhada, alunos, professores e Secretários Municipais, deram uma lição de amor a todas as menores vítimas desses crimes, e assim pediram, através de Faixas e cartazes maior atenção e união para combater atos de exploração e violência ao mesmo tempo incentivaram a repreensão e a denuncia do Centro de atendimento do governo Federal no  Disque 100 .

Promovida pela Prefeitura de Brasileia, através da Secretaria de Assistência Social do município, a caminhada saiu da Praça ao lado do Cemitério da cidade, a caminhada contou com apoio de entidades ligadas aos direitos da criança e adolescente, como o Conselho Tutelar, Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS), Centro do Idoso, Escolas Municipais e Escolas Estaduais.

Segundo a secretária de Assistência Social, Rogéria Gondim, a questão da violência contra crianças e adolescentes é um problema muito mais sério do que podemos imaginar. “É um problema grave e que acontece, muitas vezes, porque as pessoas que deveriam proteger as crianças e adolescentes são as que cometem abuso, a violência começa na própria família, quem deveria proteger são as que mais cometem erros”, destacou a importância em se denunciar os casos de abuso às autoridades competentes.

18 de Maio

Anualmente o Comitê Nacional e organizações parceiras destacam o “18 de Maio” para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, especialmente o direito de crescerem saudáveis e livres do abuso e da exploração sexual. A campanha “Faça Bonito” hoje está em todos os cantos do Brasil, sendo representada por uma Flor, simbolizando o cuidado e a proteção que devemos ter com as meninas e meninos do Brasil. A cada ano registra-se uma adesão maior de municípios na mobilização em torno do “18 de Maio” por meio de caminhadas, audiências públicas, debates nas escolas, concurso de redação nas escolas, exibição de filmes e debates, realização de seminários e oficinas temáticas e de prevenção a violência sexual, panfletagem, criação de produtos de comunicação sobre a temática, campanhas nas rádios e entrevistas com especialistas entre outros.

Neste ano, mais uma vez, em alusão ao Dia 18 de Maio, o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, por meio da campanha “Faça Bonito – Proteja nossas Crianças e Adolescentes”, vai ressaltar as inúmeras violações de direitos na vida de crianças, adolescentes, suas famílias e comunidade. O objetivo da campanha anual é ressaltar a responsabilidade do poder público e da sociedade na implementação do Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, na garantia da atenção às crianças, adolescentes e suas famílias, por meio da atuação em rede, fortalecendo o Sistema de Garantia de Direitos preconizado no ECA (Lei Federal 8.069/90) e tendo como lócus privilegiado os Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente no âmbito dos estados e municípios.