Prefeitura de Manoel Urbano é arrombada e HD de câmeras é furtado após tentativa de envenenamento

Mais um sinistro envolvendo a Prefeitura de Manoel Urbano foi registrado nesta quinta-feira, 7. Desta vez, o prédio da prefeitura foi arrombado nesta madrugada e foram furtados do local um notebook, o HD com os arquivos das câmeras de segurança que teriam registro da suposta tentativa de envenenamento ocorrida na quarta-feira, 6.

“Levaram o computador que eu usava para fazer os pagamentos dos servidores, com arquivos importantes da Prefeitura, o HD das câmeras e fizeram uma bagunça pichando tudo. Agora, o prédio está isolado. O promotor de Justiça chegou aqui agora a pouco e estamos aguardando o perito vir de Rio Branco para tomar as medidas cabíveis”, contou o prefeito da cidade, Tanízio Sá.

Tentativa de envenenamento

Na quarta-feira, 6, a sede da administração municipal já havia sido cenário de uma suposta tentativa de envenenamento no qual o alvo seria Tanízio Sá. Contudo, a vítima foi uma servidora do município que ingeriu água contaminada.

Os delegados Rêmulo Diniz e Robert Alencar e um perito criminal foram destacados para apurar o caso e ainda na quarta-feira estiveram na cidade para coletar depoimentos do prefeito, da servidora vítima do envenenamento e ainda, coletar amostras da água que estaria contaminada e da urina da vítima.

Os eventos envolvendo a prefeitura de Manoel Urbano ocorrem após Tanízio Sá ter demitido servidores municipais contratados por concurso público, alegando superfaturamento na folha de pagamento do município. A situação, de acordo com a gestão, estaria ferindo a lei de responsabilidade fiscal.

Matéria relacionada:

%d blogueiros gostam disto: