Primo de Minoru, um dos coordenadores da campanha é assassinado enquanto tomava tereré

O presidente da Sapolândia, Levy de Freitas Andrade Paulino, de 39 anos, foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (22), na rua Edmundo Pinto, no bairro Hélio Melo, em Rio Branco. Levy é primo do candidato à prefeitura de Rio Branco Minoru Kinpara (PSDB).

De acordo com informações da Polícia Militar, Levy estava tomando tereré na própria residência, quando homens em um carro modelo Celta Vermelho pararam na frente casa e chama a vítima para conversar.

PUBLICIDADE

 

 

Ao se aproximar do portão, Levy foi atingido por vários tiros pelo corpo e, mesmo baleado, correu até a residência de uma vizinha, onde caiu na área e morreu. Os autores do crime fugiram do local em seguida.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar no local só pode atestar a morte Levy. O corpo foi recolhido e levado ao Instituto Médico Legal (IML).

No local, a polícia não soube informar a motivação do crime, mas informou que a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciou as investigações do caso.

Levy era um dos coordenadores da campanha de Minoru Kinpara e trabalhava com candidato desde 2018, quando o tucano disputou uma vaga no Senado. A assessoria de Minoru informou que, devido o ocorrido, a agenda do candidato para a noite foi cancelada.

%d blogueiros gostam disto: