Quadrilha que planejava assaltos na fronteira é transferida para o presídio na Capital

Cinco maiores foram transferidos para o presídio na Capital e o menor, ao ISE, após exames de corpo delito.

Foram transferidos para o presídio estadual Francisco de Oliveira Conde, cinco pessoas que tem passagens pela justiça e que estavam se preparando para praticar mais ações ilícitas pela fronteira, um menor detido foi encaminhado para o Instituto Sócio Educativo (ISE).

Segundo o delegado titular de Epitaciolândia, Luís Tonini, todos são considerados de alta periculosidade e vinham praticando crimes na região de fronteira, além de envolvimento com grupos criminosos.

Alguns foram presos recentemente, por envolvimentos em assaltos portando armas de grosso calibre. O foco principal dos detidos, seria veículos para serem levados ao lado boliviano, onde são trocados por armas e, principalmente, drogas que são comercializadas na Capital do Acre.

 

Para o delegado, “esse um trabalho que vem acontecendo desde 2019 (…), já são mais de 300 prisões que aconteceram pela fronteira e boa parte reincidente no crime e não vamos parar para o bem da sociedade de bem”, destacou Luís Tonini.

Os detidos passaram pelo exame de corpo delito no hospital de Brasiléia nesta semana e foram transferidos para a Capital.

Veja vídeo reportagem com Almir Andrade.

%d blogueiros gostam disto: