Suspeito de atirar na saída de festa em chácara e atingir dois motoristas de Uber é preso

José Rostenio de Sales foi preso pela polícia após atirar contra várias pessoas em uma festa e atingir dois motoristas de Uber que esperavam por passageiros. O tiroteio ocorreu na manhã de domingo (21), na Chácara Estrela do Oriente, na Curva do Itucumã,na rodovia AC-40, em Rio Branco.

O delegado Rêmulo Diniz, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirma que o caso ocorreu já no final da festa. Sales pegou um mototáxi para retornar ao local após sair devido a um desentendimento e efetuou vários disparos quando as pessoas saíam do local. Em seguida, ele fugiu.

“Conseguimos prender ele em flagrante. As duas vítimas reconheceram ele. Uma das vítimas foi atingida na coluna e está em estado grave no Pronto-Socorro. A outra vítima já foi liberada”, afirma.

A motivação, segundo o delegado, teria sido um desentendimento com outros participantes da festa. O delegado afirma que os motoristas de Uber não possuem ligações com facções criminosas.

Ainda segundo Diniz, o atirador já é conhecido da polícia, inclusive já tinha sido preso pela Polícia Militar (PM-AC) com um fuzil há cerca de dois meses, mas estava em liberdade condicional.

“Ele, sob o efeito entorpecentes, decidiu se vingar de seus algozes atirando em todos que estavam na festa. Ele atirou na tentativa de atingir qualquer pessoa e acabou ferindo os dois homens que estavam trabalhando como Uber e buscavam clientes”, afirma.