Terceirizados da limpeza poderão cruzar os braços no hospital Wildy Viana

Hospital de Brasiléia, Wildy Viana – Foto: Alexandre Lima/arquivo

cof

Um problema decorrente no Hospital Regional Wildy Viana, localizado na cidade de Brasiléia, distante cerca de 240km da Capital acreana, relacionado a pagamentos dos contratados pela empresa terceirizada que cuida da limpeza, poderão cruzar os braços nesta semana.

Segundo foi apurado após uma denuncia, os terceirizados da empresa Martins e Gomes (Limpacre), estaria com meses de atraso no pagamento, o que vem ocasionando prejuízos aos mesmos, por não conseguirem cumprir com suas obrigações em suas residências.

Citam como exemplo, o pagamento da energia elétrica; “…a empresa não quer saber se o nosso salário está atrasado e após 15 dias, o corte acontece. Temos que nos virar para conseguir emprestado e pagamos a taxa de religação. Quando pagam um mês, já vai acumulando outro”, desabafou um dos funcionários que pediu para não ser identificado por medo de represália.

Segundo informaram, são mais de 20 funcionários que estão passando esse problema. Se acarreta aí, ainda a falta do 13º de 2018.

O jornal o altoacre.com entrou em contato com a Assessoria da Secretaria de Saúde através do número 98119-77**, onde foi enviado uma Nota de Esclarecimento, dizendo que a empresa contatada teria enviado documentos neste dia 10 para empenho e possível pagamento do mês de abril, nesta quinta-feira, dia 13. Já o mês maio, ainda está aguardando o envio par ao processo de pagamento.

Também foi tentado o contato com a empresa pelo número (68) 3223-2170, onde a secretaria tentou passar para o diretor, identificado como Denis. Este estaria em reunião e lhe foi deixado o número para contato, mas, não retornou para dar sua versão dos fatos.

Em relação ao pagamento de 2018, estaria em processo de reconhecimento e poderá ser pago tão logo seja resolvido.

Veja da Sesacre nota abaixo.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), informa que a empresa Martins e Gomes (Limpacre), que fornece o serviço de limpeza ao Hospital de Brasileia, realizou a entrega da documentação para pagamento referente ao mês de abril nesta segunda-feira, 10. O mesmo será encaminhado para o controle interno da Sesacre para análise e posterior pagamento. Estando em conformidade, a previsão é que até quinta-feira,13, seja depositado na conta da empresa.

Sobre o mês de maio, a Sesacre ainda aguarda a documentação necessária para o processo de pagamento.

Com relação ao pagamento de dezembro de 2018, o mesmo está em processo de reconhecimento de dívida conforme de lei complementar 359 de 24 de maio de 2019, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) N°12559 de 27 de maio de 2019.

%d blogueiros gostam disto: