Traficante “Diabão” aponta arma para policiais e acaba morto a tiros

O adolescente Valdivino Marques Silvério Júnior, de 16 anos, vulgo Diabão, foi morto com dois tiros, na tarde desta terça-feira (5), na Rua Boa União, no bairro Boa União, na região da Baixada da Sobral em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, o local onde o adolescente foi morto é conhecido como esconderijo de monitorados do Sistema Penitenciário. Quando agentes da Unidade de Monitoramento chegaram no local perceberam uma movimentação estranha. Guarnições do Giro e Força Tática do 1° Batalhão foram acionadas para apoio e foi feito um cerco policial.

Ao entrar nessa casa, que segundo a polícia funcionava como boca de fumo, os agentes encontraram vários monitorados e entre eles o adolescente, que estava com a arma em punho. Valdivino apontou a arma para os policiais, que reagiram disparando cerca de três tiros, sendo que dois projéteis acertaram o peito de Diabão.

Polícia prendeu outros monitorados no local onde estava o adolescente conhecido como “Diabão”/Fotos: ContilNet

Segundo as investigações da Polícia Civil, o adolescente havia trocado de facção e estava agindo como matador no novo grupo criminoso. Nos últimos dias, ele teria executado várias pessoas na região da Baixada da Sobral, em companhia de outros criminosos.

No local, cinco pessoas ainda foram presas pela polícia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi acionado e atestou o óbito do jovem.

Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede, onde serão realizados os devidos exames cadavéricos. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Os demais presos foram encaminhados para a Delegacia de Flagrantes para ser tomando os devidos procedimentos.

%d blogueiros gostam disto: