Vítima de tentativa de homicídio é presa por suposto envolvimento com crime organizado

Alvo de uma tentativa de homicídio, registrada na tarde desta terça (2), na Travessa do Pescador, no bairro Belo Jardim, Tailon Rocha Bastos, de 22 anos, passou de vítima a acusado de integrar uma facção criminosa. Levado ao Pronto Socorro da Capital, o rapaz chegou ao local sem nenhum documento de identidade. A polícia então se prontificou a ir até sua residência em busca do seu RG.

Ao chegarem ao local, os policiais militares do 2º Batalhão iniciaram as buscas na tentativa de encontrar um documento do paciente. Mas o que eles não esperavam é que Tailon guardasse uma grande quantidade de munição no local – e de diferentes calibres.

Assim que recebeu alta médica, acusado foi encaminhado à delegacia/Foto: cedida

Segundo os militares, foram achadas 38 munições de pistola 9 milímetros, sete .40, e nove de calibre 380.

Os PMs então se dirigiram ao PS e deram voz de prisão ao acusado, que foi conduzido à Delegacia Central de Flagrantes assim que recebeu alta médica.