Brasileia recebe projeção urbana para marcar o mês da Primeira Infância

Na próxima terça-feira, 31, a cidade realiza projeções urbanas para chamar atenção para a importância de políticas públicas que priorizem gestantes, bebês, crianças e cuidadores

O Brasil celebra, pela primeira vez, em agosto, o Mês da Primeira Infância. Para marcar esta mobilização, 10 cidades brasileiras da Rede Urban95 estão reunidas numa estratégia de intervenção urbana que tem o objetivo de chamar atenção para a importância de políticas públicas que priorizem gestantes, bebês, crianças e cuidadores.

Em Brasiléia, a ação acontece na próxima terça-feira, 31 de agosto, a partir das 19 horas, quando serão projetadas mensagens na Praça Hugo Poli. A agenda de projeções começou neste domingo (22), em Brasília (DF). Na segunda (23), foi a vez de Campinas (SP), depois Jundiaí (SP); dia 25, em Caruaru (PE); dia 26 em Aracaju (SE); dia 27 em Fortaleza, dia 28 em Crato, ambas no Ceará. Dia 29 será em Niterói (RJ), Pelotas (RS), no dia 30, e Brasiléia (AC), finalizando a ação dia 31.

A escolha de um mês específico reforça a mobilização da sociedade civil, a criação de políticas públicas e a visibilidade do tema. As cidades envolvidas nesta iniciativa fazem parte da Rede Urban95 Brasil, que hoje reúne um total de 24 municípios brasileiros. O objetivo é promover, desenvolver e fortalecer programas e políticas públicas voltadas ao bem-estar e qualidade de vida das crianças de 0 a 6 anos nas cidades brasileiras.

O projeto liderado pela fundação holandesa Bernard van Leer apoia os municípios na elaboração de diagnósticos locais sobre a experiência e o acesso do público infantil e seus cuidadores aos espaços urbanos, disponibilizando dados para embasar a construção de políticas públicas mais assertivas para a primeira infância e alinhadas a outras agendas estratégicas locais.

%d blogueiros gostam disto: