Cabeleireira esfaqueada em salão de beleza volta para casa traumatizada


Por Ac24horas

A cabeleireira Gessilda Rosas, esfaqueada no dia 14 de dezembro, enquanto trabalhada no salão dela, em Cruzeiro do Sul, já está de alta e voltou para casa. A mulher perdeu um dos rins e ficou em estado grave no Hospital Regional do Juruá.

Gessilda estava trabalhando quando foi agredida por um inquilino, usuário de drogas, que era ajudado por ela. A mulher trabalha há mais de 20 anos no salão de propriedade dela, em um dos pontos mais movimentados da cidade.

A cabeleireira tinha o hábito de ajudar os moradores de rua, e o criminoso, Vanderlândio Lima, foi um dos amparados pela mulher. Como ele estava perturbando a clientela, pediu que ele não mais frequentasse o local. O homem não aceitou o pedido e agrediu a cabeleireira.

O jornal ac24horas fez contato com um familiar de Gessilda, mas a cabeleireira, ainda traumatizada com o crime, não está em condições de falar. Gessilda passou as festas de fim de ano em casa, com a família. Ela não reclama dores, mas precisará de acompanhamento psicológico.

%d blogueiros gostam disto: