Câmara de Epitaciolândia realiza primeira sessão ordinária de 2022

Assessoria

A Câmara Municipal de Epitaciolândia iniciou nesta segunda-feira 14, os trabalhos legislativos na sala das sessões Raimundo Francisco Ribeiro, com a primeira sessão ordinária de 2022.

Os nove vereadores estavam presentes.

O prefeito em exercício Antonio Soares (PROS), compareceu para prestigiar o inicio dos trabalhos legislativos em 2022 e fez questão de ser acompanhado por todos os secretários municipais, diretores e colaboradores da gestão municipal.

O prefeito Sérgio Lopes encontra-se em Brasília em busca de recursos para o município.

Em mensagem governamental, Soares destacou a importância do estreitamento entre os poderes legislativo e executivo municipal e relatou os avanços da administração Sérgio Lopes em reformas de órgãos públicos, realização de itinerantes da saúde e o anuncio recente de que Epitaciolândia é o primeiro município do Acre a referendar o piso nacional dos professores proposto pelo governo federal na ordem de 33,24%.

Em uso a tribuna no grande expediente, o Vereador Rubens Rodrigues (PSD), iniciou pedindo providencias aos ramais de Epitaciolândia dos quais ramal da Alemanha, onde segundo o vereador os serviços são de péssima qualidade, cobrou melhorias para a estrada velha onde o governo do estado abandonou a obra e o povo da zona rural está no sofrimento: Lamentou que o empresário responsável pelos serviços na estrada velha está enganando o povo; Citou o abandono no ramal do Riozinho, Porongaba e Fontenele de Castro; Relembrou que o prefeito Sérgio Lopes não é o dono da prefeitura, ele está prefeito e não pode dizer que não recebe vereador A ou vereador B, pois a exemplo do prefeito, o vereador também foi eleito pelo povo; mencionou a questão das 22 ruas que ficaram com dinheiro em caixa da gestão passada e após um ano, a promessa do canteiro de obras propagado pela gestão não se transformou nem num canteiro de cebola; reconheceu os trabalhos feitos numa travessa próxima ao comercio do falecido “Tida” no Bairro José Hassem, serviços segundo o vereador, feitos com qualidade, ao contrário dos trabalhos na Satel que tem deixado os moradores isolados; Pediu olhar atencioso para a Rua Fontenele de Castro, Rua 25 de dezembro com saída pela internacional e rua que dá acesso a Lubri pneus; alertou que há um recurso de 2021, de mais de 450 mil reais para recapeamentos da Fontenele de Castro e que falta licitar, correndo o risco da prefeitura perder o benefício; abordou que foi convidado por moradores a verificar um fato na Rua Ayrton Sena onde os trabalhos naquela rua foram anunciados ano passado e até hoje nada foi feito; Falou sobre emenda do senador Petecão de 450 mil reais para a quadra coberta do Bairro Jose Hassem e que por não haver a contrapartida da prefeitura em torno de 90 mil reais, não terá a cobertura da quadra; por fim, Rubens Rodrigues pediu ao secretário de saúde que dê atenção aos portadores de necessidades especiais, cadeirantes, autistas que procuram a secretária de saúde e recebem a negativa de que já recebem benefícios do governo federal; Parabenizou a presidência da Casa do Povo que tem inovado no sistema de divulgação das ações parlamentares através das mídias sociais.

O vereador tucano Marco Ribeiro, iniciou parabenizando o novo sistema de transmissão dos trabalhos da Câmara e enaltecendo o retorno do brasão da casa legislativa mirim, que foi criado em gestões passadas e que por si só tem uma história no brasão. Justificou a ausência do prefeito Sérgio Lopes (PSDB), que está em Brasília em busca de recursos para o município; enumerou alguns trabalhos visitados como, na escola José Hassem onde acontece uma reforma no local com material moderno; lembrou da reforma da escola Pequeno Príncipe que vai receber forro isotérmico; falou sobre reforma na feira livre que vai receber novo piso; Reconheceu que há muito por ser feito e sabe receber as críticas, contudo quer também que a oposição fale sobre os avanços obtidos; disse que Epitaciolândia anunciou que vai pagar o novo piso da educação proposto pelo governo federal; falou das dificuldades na área de infraestrutura que emperram na burocracia, na falta de licitação e também no caso lamentável do abandono dos serviços da estrada velha que após o governo desfilar com arsenal de máquinas, deixou o serviço pela metade; Disse que o vereador Nego está assumindo a diretoria de ramais e tem enfrentado muitas dificuldades mas já tirou muita gente do isolamento; Pediu a compreensão dos poderes para fazer o melhor para Epitaciolândia; Lembrou dos programas Itinerantes realizados pela atual gestão;

 O vereador Jose Antônio (Nego), Progressista, iniciou falando sobre os serviços de ramais onde ele é o coordenador da pasta, disse que a situação critica de ramais não é de agora, mas tem dado respostas positivas aos locais onde são chamados; mencionou que recuperou o ramal da Alemanha onde os transportes escolares tiveram problemas em trafegar ali, falou sobre melhorias no ína, disse que no Guajará não foi concluído os serviços próximos ao Braulino por não haver material de bueiros; falou das parcerias entre prefeitura e comunidades que tem surtido efeito positivo; disse que em momento algum induz os produtores a gravar vídeos; parabenizou a presidência da câmara por disponibilizar as sessões transmitidas para   a população que vai tirar suas dúvidas; parabenizou  prefeito por dar condições aos secretários para que as coisas aconteçam; Disse que aceita as críticas, desde que elas sejam positivas e para ajudar a melhorar os serviços; Disse conhecer as duas realidades do parlamento mesmo tendo sido até hoje apenas vereador de base das gestões que passaram; Agradeceu e parabenizou o secretário de obras Pedro Nilton pela forma com que conduz a pasta e reconheceu ser impossível resolver todos os problemas do município; pediu para que os vereadores acompanhem os serviços da gestão municipal; Citou os avanços obtidos na saúde como atendimentos na unidade José Paulo e na Upa das 07:00 à meia noite, e se faltam medicamentos, a secretaria se encarrega de imediato em resolver essas faltas. Finalizou dizendo que irá disponibilizar um número de telefone para receber as denúncias dos moradores e onde tiver um problema a gestão vai resolver e finalizou garantindo que vai continuar dando tiro de ponto 50.

A vereador Lucimar Monteiro (Preta), do Progressista, iniciou falando sobre visitas feitas com o prefeito Sergio Lopes em reformas de alguns órgãos do município como: ginásio municipal com recursos próprios, lembrou da reforma na feira municipal e escola Pequeno Príncipe, além da escola José Hassem no bairro da Satel; Falou sobre o Itinerante da saúde realizado no final de semana; lamentou a falta de medicamentos, mas reconheceu não ser somente em Epitaciolândia e que isso tem ocorrido em virtude da pandemia; Pediu que o diretor do Deracre tome providencias com relação a estrada velha pois o povo não pode ficar sem resposta pelo abandono da empresa; Disse que o prefeito se comprometeu em amenizar os problemas na estrada velha assim que concluir os serviços no km 14; parabenizou o coordenador do Depasa Sr.  Erisson Cameli pela parceria voltada para a Rua Ana de Souza Lira com abastecimento de água.

O vereador petista Messias Lopes, iniciou fazendo alusão aos secretários presentes na sessão em especial os, de saúde, de obras e de agricultura que tem sido bastante cobrados; pediu que os secretários possam orientar seus funcionários quanto ao trato com o público e com relação a falta de conhecimento de alguns, pois vereador não pode ser barrado ao procurar órgão público em busca de informações; Parabenizou a secretaria de educação que, o município  próximo de completar 30 anos, enfim vai garantir o piso nacional do magistério, que mesmo sendo uma recomendação federal muitos municípios não vão pagar esse benefício federal; Falou sobre os recursos do município que estão correndo risco de serem perdidos, mencionou o caso do recurso da escola modelo no loteamento Az de Ouro; pediu informações sobre os recursos deixados pela gestão passada para recuperar 22 ruas, mas que a prefeitura precisa se movimentar para não perder os recursos; lembrou que por falta de planejamento a atual gestão não realizou as prometidas melhorias das ruas da cidade; relembrou que sempre cobrou limpeza das ruas e que nenhuma gestão até hoje conseguiu fazer esse serviço a contento; falou sobre a situação dos ramais, dos quais: ramal do km 20 (Baturité), ramal porvir que está intrafegável, ramal do km 23 lado direito e lado esquerdo que após as chuvas os moradores não saem do ramal; disse que o problema não é de hoje, mas que a população não quer saber de quando é o problema, quer é a solução; pediu recuperação da ponte do ramal do km 28, Guajará e outros; finalizou agradecendo a presença do prefeito em exercício e secretariado na primeira sessão ordinária de 2022.

O vereador José Maria (PSL), iniciou falando sobre os problemas nas ruas do município em especial a Rua Ana de Souza Lira, via histórica da cidade e que está largada ao abandono pela atual gestão; falou sobre a falta de trafegabilidade em quase todas as ruas de Epitaciolândia; e reconheceu que mesmo havendo boa vontade do secretário de obras Pedro Nilton, não é ele o detentor das tomadas de decisões; Pediu que a gestão apresente ao legislativo, um cronograma de melhoria das ruas da cidade e que os pedidos de explicações dos vereadores tenham respostas do executivo; lamentou a fala inverídica do vereador Nego que mencionou não haver o reconhecimento dos vereadores de base quando os serviços cobrados acontecem, como exemplo cita a passarela que liga o centro ao bairro Vila vitória que foi uma cobrança dos vereadores e que está sendo feito o reconhecimento pelos parlamentares mirins; Lamentou a gestão está perdendo recursos federais como é o caso da cobertura da quadra sintética do bairro José Hassem e os recursos da escola modelo no loteamento Az de Ouro que, ao que se sabe, a empresa devolveu a obra uma vez que os recursos não cobrem o valor da obra por não ter sido feita em tempo, em contra ponto os pais de alunos estão enfrentando filas para matricular seus filhos por faltas de vagas em escolas municipais; sobre as reformas de escolas o vereador cita que as melhorias estão começando tarde, desde 2021 era necessário uma reforma da escola Pequeno Príncipe; Falou sobre os recursos de pavimentação de ruas que, por não serem realizados em tempo, hoje não é possível fazer tapa buracos nem em 10 ruas com o montante deixado pela gestão passada para fazer melhorias das 22 ruas; No tocante a unidade do Rubicom que a gestão cita como sendo obra atual, o trabalho daquela unidade de saúde foi quase que em sua totalidade feita pela gestão passada; relembrou que os pedidos dos vereadores não significam que estão contra a gestão, muito pelo contrário, as cobranças ajudam a prefeitura; Sobre o aumento anunciado para a educação pelo prefeito Sérgio Lopes, o vereador Jose Maria lembra que é um direito constituído por lei assinado pelo presidente Bolsonaro e que o benefício ainda é pequeno pela importância dos trabalhos dos educadores.

A vereador Seliene Lima (Podemos), iniciou falando sobre as visitas feitas por ela e o prefeito nas obras de reformas nas escolas municipais, na feira livre da cidade e no ginásio poliesportivo; Falou sobre visita feita na Rua Ana de Souza Lira que vai receber canalização de água via Depasa; abordou o aumento de 33,24% anunciado pelo prefeito municipal aos servidores da educação; Falou sobre a realização de mais uma edição do programa saúde na comunidade (No Nari Bela Flor), com a presença do Deputado Federal Leo de Brito, que já anunciou emendas de 700 mil reais para o município; lembrou que o período chuvoso tem ocasionado problemas em muitos ramais, mas que a equipe de obras tem procurado resolver os pontos críticos; Falou sobre a situação da estrada velha que o caos ocasionado pelo governo do estado está deixando a população revoltada e que o prefeito está procurando resolver esse impasse; falou sobre o ramal Porto Rico onde ela tem uma propriedade e que tem reivindicado melhorias para aquela localidade.

O vereador Pantico da Água (SD), iniciou falando sobre pedido de providencias para Rua Ana de Souza Lira com canalização de água para aqueles moradores e mais de 150 metros de rede de água potável no Bairro Beira Rio; Falou sobre ampliação de rede de água no Bairro da Glória; Pediu ação da energisa com instalação de rede de energia elétrica e levantamento da fiação nos bairros da cidade; Lembrou que todos os projetos do executivo foram aprovados pelos vereadores e que os mesmo estão olhando pelo bem da população; Disse que, quando os vereadores cobram a gestão, é por que os vereadores são cobrados pela população.

O vereador presidente Diojino Guimarães (MDB), iniciou relatando que maioria de suas reivindicações foram contempladas pelos vereadores José Maria, Messias e Rubens; Disse que sobre a passarela que dá acesso ao bairro Vila Vitória, é um pedido feito via redes sociais e que está sendo feito o agradecimento pela melhoria ali acontecida, de igual forma os trabalhos realizados no ramal da Alemanha foram feitas as cobranças e quando o serviço foi realizado, os vereadores também reconheceram a atuação da gestão, contudo o vereador não está para elogiar ou jogar confete pois o direito da gestão é de fazer; disse que a rua Fontenele de Castro já era pra ter sido feito serviços de melhorias que inclusive essa rua está inserida nas 22 ruas que ficaram recursos da gestão passada e nada foi feito; lembrou que, a população e alguns críticos da aprovação de 1% agora estão vendo resultados, uma vez que a fiscalização acontece e a proximidade entre os poderes estão aumenta; Anunciou que o vereador Nego terá que optar entre ser vereador ou chefe de campo, pois o vereador está abandonado os trabalhos legislativos após usar a sua fala regimental, não participando do restante dos trabalhos em sessão com a justificativa de atender na chefia de campo; Que o vereador tenta burlar a lei ao exercer função sem portaria para não abrir mão da vereança, mas anunciada verbalmente em tribuna pelo próprio parlamentar e pelo colega Marco Ribeiro ( Segundo a legislação o vereador, para exercer cargo na gestão municipal só poderá, sendo esse em cargo de primeiro escalão e afastando-se temporariamente do cargo de vereador); Enfatizou que não faz as fiscalizações como forma de perseguição, longe disso; Sobre a unidade de saúde do Rubicom, essa é uma obra da gestão Tião Flores quase que toda concluída em 2020, fruto de emedas do ex-deputado Cesar Messias, e entregue já nessa gestão; Que a atual administração o que pode chamar de obra sua é apenas  a pintura da praça Edmundo Pinto e a reforma  em frente do estádio de futebol; reforçou que tem a certeza do dever cumprido diante de seus trabalhos como representante do povo.

%d blogueiros gostam disto: