Caminhada do Agosto Lilás em Epitaciolândia marca 15 anos da Lei Maria da Penha

Epitaciolândia promoveu uma caminhada alusiva ao Agosto Lilás, mês de combate à violência contra a mulher, na tarde desta terça-feira, dia 10/07. A concentração aconteceu na Praça Edmundo Pinto e percorreu todo o centro da cidade pela Avenida Santos Dumont.

 

A Lei Maria da Penha (11.340 / 2006) completa 15 anos em 2021. Ela prevê cinco tipos de violência doméstica e familiar contra a mulher: física, moral, sexual, patrimonial e psicológica.

 

Além da caminhada, o mês conta com ações para combater e prevenir a violência contra as mulheres, abrangendo palestras, atividades em espaços públicos, atividades esportivas, serviços médicos, dentre outras ações.

 

Estiveram presentes na atividade de hoje, a Primeira-dama Alliny Saldanha, Eliade Maria, Secretária de Cidadania e Assistência Social, o Secretário de Cultura e Esportes Joãozinho Ferreira, representantes da Educação, e servidores e servidoras da Prefeitura.

Durante o trajeto, os servidores carregavam faixas e cartazes alertando e pedindo o fim da violência contra a mulher, também foram entregues panfletos contendo informações sobre os mecanismos legais de proteção à mulher e as formas de denúncias.

 

“Todas as atividades desenvolvidas ao longo deste mês terão o intuito de levar o acesso à informação e orientações sobre as violências tipificadas na Lei Maria da Penha, medidas protetivas e locais de atendimento especializado a mulheres em situação de violência, bem como a prevenção da violência para que as mulheres tenham percepção do que caracteriza a violência doméstica e familiar e possam romper este ciclo”, afirmou Sarah Mayenne, Diretora do Departamento de Políticas para Mulheres.

Para a Primeira-dama Alliny Saldanha, essa luta é de todos e todas. “Temos que criar essa corrente, a união nos torna mais fortes para combater e denunciar a violência doméstica contra a mulher, enquanto gestão estamos aqui de braços abertos para acolhe-las e dar todo o apoio necessário para que as mulheres não sofram violência. Essa caminhada serve para alertar a todos sobre a importância dessa luta, o nosso muito obrigado a todos que estão empenhados na Campanha Epitaciolândia por Elas.” Destacou a Primeira-dama.

%d blogueiros gostam disto: