Ex-parlamentar no AC, empresários e servidor do Incra são alvos de operação na PF

José Ribamar Gomes Ferreira, de 39 anos, foi morto a pauladas e teve o corpo incendiado, na tarde desta quarta-feira (6), após criminosos invadirem a casa dele no Ramal do Florindo, na invasão do bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco.

Segundo informações de populares, o homem seria usuário de entorpecentes e, pela parte da manhã, passou correndo assustado em direção à própria residência. Já na parte da tarde José teve a casa invadida e foi encontrado com o corpo queimado e com marcas de pauladas na cabeça.

Moradores, ao verem o fogo, começaram a correr com baldes de água e conseguiram apagar o incêndio. Em seguida, os populares perceberam que o corpo do homem estava dentro da casa.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi acionado, mas quando os socorristas chegaram no local, só puderam constatar que a vítima já estava sem vida.

A Polícia Militar esteve no local e isolou a área para o trabalho da perícia criminal. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo e levaram para a sede, onde serão realizados os devidos exames cadavéricos.

A motivação do crime ainda é desconhecida pela polícia. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

%d blogueiros gostam disto: