Jenilson Leite visita maternidade na Capital para acompanhar caso de mulher que deu à luz na calçada em frente à unidade 

Deputado foi acompanhado da presidente do Sindicato dos Profissionais Auxiliares, Técnicos em Enfermagem e Enfermeiros do Estado do Acre – Spate/Ac, Alesta Amâncio

ASSESSORIA

O deputado estadual Jenilson Leite (PSB) visitou nesta quinta-feira (27), a Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco, para acompanhar de perto o caso de Liliane, a mulher que deu à luz na calçada, em frente à unidade pública de saúde. Acompanhado da presidente do Sindicato dos Profissionais Auxiliares, Técnicos em Enfermagem e Enfermeiros do Estado do Acre – Spate/Ac, Alesta Amâncio, foi recebido pela gerente-geral, Laura Pontes.

“Nossa visita foi para conversar e entender sobre o caso da mulher que deu à luz em frente à unidade de saúde na última terça-feira. Segundo a gerência da maternidade, mãe e filha passam bem, estão recebendo todos os cuidados necessários. E segundo os profissionais de saúde, no dia do ocorrido, não houve negação de nenhum servidor para o atendimento, pois ela ainda não havia procurado a maternidade. Nos informaram ainda que a mãe, que vive em situação de rua, apresentou problemas psicológicos e a unidade solicitou um psiquiatra para avaliar o caso e fazer todo o acompanhamento”, disse o deputado que também é médico.

A presidente do Spate/AC, reforçou que a visita teve o intuito de dialogar e entender a situação. “Nossa intenção, em vir conversar com a gerência, é para entender o ocorrido, pois o que se está sendo noticiado é que os servidores da maternidade negaram qualquer atendimento para essa mulher. Mas o que realmente aconteceu, foi que ela não procurou nenhum atendimento junto à unidade, ela deu entrada após já ter dado à luz”, destacou Alesta Amâncio.

Durante a visita, Jenilson e Alesta aproveitaram para falar a respeito da escala dos funcionários da unidade, que estão sobrecarregados. “Conversamos também sobre a escala dos funcionários, pois há muitas unidades de saúde em Rio Branco com déficit de servidores que estarão infectados com Covid-19 ou pela síndrome gripal. E na maternidade não é diferente, fazendo com que muitos profissionais fiquem sobrecarregados, tendo que atender muitos pacientes no plantão. Não podemos evitar as transmissões, mas o Estado precisa providenciar mais testes para as unidades e assim, disponibilizar para os servidores da saúde, um médico para atender de imediato”, pontuou o deputado.

Pré-candidato ao Governo, Jenilson Leite acredita que a maternidade já não tem capacidade de atender devidamente a demanda. “Conhecendo todas as dificuldades que nossas mulheres acrianas atravessam devido a incapacidade de a atual maternidade comportar a atual demanda, sonho em termos muito em breve uma nova maternidade para as mulheres de nosso estado”.

O deputado finalizou a visita agradecendo a receptividade na maternidade e parabenizar o trabalho desenvolvido na unidade. “Quero agradecer a recepção da Laura, que nos recebeu com muito carinho e nos explicou sobre o ocorrido em frente à unidade. Quero parabenizar pelas iniciativas que ela vem fazendo frente a maternidade”.

%d blogueiros gostam disto: