Juiz mantém prisão de sargento Nery que já está a caminho de Rio Branco

Gleydison Meirelles 

O Juiz da Comarca de Epitaciolândia, Gustavo Sirena manteve a prisão do sargento da Polícia Militar do Acre, Erisson Nery, durante audiência de custódia realizada na tarde desta segunda-feira, 29, no Forum do município.

Erisson Nery é acusado de atirar por quatro vezes contra o estudante de medicina Flávio Endres de Jesus Ferreira, 30 anos, após uma briga em um bar na cidade de Epitaciolândia.

Nery se apresentou no inicio da tarde de hoje na companhia de dois advogados e após prestar depoimento à delegada Carla Ivane recebeu voz de prisão em cumprimento a determinação judicial.

Após ser submetido a exame de corpo de delito e passar por audiência de custódio, Erisson Nery seguiu direto para Rio Branco em uma viatura do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (Giro). O militar ficará recolhido no quartel do Batalhão de Operações Especiais (Bope) aguardando decisão judicial.

As informações, assim como as imagens da chegada e saída do militar da audiência de custódia foram transmitidas ao vivo pelo site oaltoacre.com, do jornalista Alexandre Lima.

%d blogueiros gostam disto: