Leo de Brito acompanha a implementação da lei do vale-gás

Mais de 120 mil famílias vão receber o benefício no Acre

Em visita ao Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, no bairro Tancredo Neves, em Rio Branco, nesta segunda-feira, 6, o deputado federal Leo de Brito (PT-AC), autor da lei do vale-gás, acompanhou a implementação do benefício.

A lei foi regulamentada na última sexta-feira, 3, e o valor a ser pago aos beneficiários deve ser de R$ 52, a cada dois meses, durante 5 anos.

“Essa é uma visita importante porque agora que o vale-gás é lei, precisamos fazer com que ele chegue a toda população que mais precisa. Por isso, que estamos vindo ao CRAS para fazer o acompanhamento”, disse o deputado federal.

Quem tem direito ao vale-gás

Têm direito ao benefício às famílias inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal, por pessoa da família, menor ou igual a meio salário mínimo. Também serão beneficiadas as famílias com integrantes do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Mulheres chefes de família têm prioridade para receber o benefício, assim como as mulheres vítimas de violência. Para isso, foi feito convênio com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Contudo, é importante que as famílias compareçam ao CRAS para atualizarem seus cadastros e assim, garantir que terão acesso ao benefício. No Acre, ao menos 120 mil famílias têm direito a receber o vale-gás.

Em Rio Branco, segundo Samara Pisano, coordenadora do Programa Auxílio Brasil e Cadastro Único na capital, a estimativa é que 66 mil famílias recebam o auxílio, mas para isso é imprescindível que elas estejam com seus cadastros atualizados.

“Nós recebemos a visita do deputado Leo de Brito com alegria porque ele é um parlamentar que está trabalhando para que o povo possa realmente ser beneficiado e isso é muito positivo para a população de Rio Branco e todos os beneficiários. Hoje, o programa Auxílio Brasil, antigo Bolsa Família, tem mais de 26 mil famílias cadastradas e sabemos que essas famílias serão diretamente beneficiadas com a lei do vale-gás, assim como as famílias que recebem o BPC [Benefício de Prestação Continuada]. Parabéns pela atuação do deputado na Câmara Federal”, afirmou a coordenadora.

Ajudando quem mais precisa

A pastora Lucivania Brasil esteve no CRAS para atualizar seu cadastro e aproveitou para agradecer a iniciativa de Leo de Brito em criar uma lei para ajudar as famílias carentes num momento em que milhões de brasileiros enfrentam o desemprego e a fome.

“Essa lei é muito importante porque hoje tem gente que não consegue nem comprar o próprio alimento. Com o auxílio, aquele dinheiro que ia para comprar o gás, já pode ajudar a comprar a alimentação, seja num quilo de carne, ovos ou arroz. Tem muitas pessoas que estão hoje sem nada para se alimentar e esse projeto do Leo foi uma benção para as famílias que estão necessitando, que estão chorando, que hoje não têm nada para comer. Vai ser um alento para muitas pessoas”, declarou Lucivania Brasil.

Leo de Brito garantiu que seguirá atuando na Câmara dos Deputados para que o vale-gás tenha resultado continuado nos próximos anos, mas também ressaltou que segue atento e manifesta a sua preocupação com a situação das 55 mil famílias que estavam recebendo Auxílio Emergencial e a partir de agora, não serão atendidas pelo Auxílio Brasil.

“Seguimos trabalhando no Congresso Nacional para garantir recursos no orçamento do ano que vem, para que as 24 milhões de famílias contempladas em todo Brasil e as 12 mil famílias aqui Acre. Esse benefício é uma garantia para que essas pessoas possam ter o desconto necessário para poder adquirir o gás de cozinha”, conclui Leo de Brito.

%d blogueiros gostam disto: