PF deflagra operação e prende 8 pessoas em flagrante por crime ambiental no Antimay

A Polícia Federal do Acre deu início à Operação Amazônia Legal e, com auxílio do Exército Brasileiro, do IBAMA e do ICMBio, cumpriu na quarta-feira (13), sete mandados de busca e apreensão em diversas sedes rurais no interior no Antimary.

A ação visou a apreensão de instrumentos do crime de desmatamento, posse irregular de armas e invasão de terras públicas na região.  Por ocasião da ação, oito pessoas foram presas em flagrante, bem como apreendidas duas espingardas, cinco motosserras e insumos para o crime de desmatamento, tal como combustíveis, óleos e correntes que serviam de acessórios às motosserras.

Material apreendido durante operação/Foto: divulgação PF

A região do PAE Antimary, embora destinada exclusivamente às comunidades tradicionais extrativistas, vem sendo alvo de grileiros e desmatadores da região de Rio Branco e Sena Madureira, que buscam na área local para promover invasão de terras federais, desmatá-las e com isso ampliar suas pastagens de gado, sem qualquer autorização formal do INCRA.

A Polícia Federal, em conjunto com os demais órgãos, continuará atuando na área e em demais áreas alvo de grileiros e desmatadores no decorrer do ano. Intenta-se, com isso, reafirmar seu compromisso de frear o avanço das queimadas e supressão de vegetação na Floresta Amazônica, bem como fazer cessar as invasões de terras federais.

%d blogueiros gostam disto: